YoutubeFacebookTwitterInstagram
Politica & Negócios
Author f2775e4c231e1ff7
Maria Tereza Andrade

Maria Tereza Andrade é jornalista, graduada pela Unit em 1995, com experiência em veículos de comunicação em Sergipe e no Brasil. No JLPolítica é gestora de Relacionamento. 

Sérgio Sobral defende investimento em tecnologia e acredita na recuperação do Brasil
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
1604ea31e7de3a8b

Sérgio Sobral, presidente do Creci-SE: “Temos tudo para reerguer a economia”

Novos nichos de negócios e alternativas envolvendo menos desperdício, preocupação ambiental e internet como aliada dos empreendimentos. Estes são alguns fatores que, segundo Sérgio Sobral, presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Sergipe - Creci/SE -, podem atrair cada vez mais investidores internacionais.

“O mercado está crescendo em vários estados e a tendência é continuar se desenvolvendo. No âmbito internacional, as perspectivas são promissoras. Com as reformas econômicas necessárias e a recuperação da confiança dos investidores estrangeiros, o Brasil pode recuperar o fôlego”, avalia Sobral, que também é diretor do Conselho Federal de Corretores de Imóveis - Cofeci.

Recentemente, Sérgio Sobral participou do Summit Imobiliário 2019, um dos mais importantes eventos do setor, realizado pelo Estado de São Paulo em parceria com o Secovi-SP. Debates, palestras e mesas redondas com construtoras, loteadoras, incorporadoras e instituições do segmento fizeram parte da programação.

“Ficou muito claro para nós que, para tratar de alternativas de financiamentos, questões de zoneamento e a própria instabilidade econômica brasileira, é necessário que o mercado imobiliário invista em soluções tecnológicas”, defende Sérgio Sobral.

O presidente do Creci-SE ressalta que as tendências tecnológicas já fazem parte do cotidiano da construção civil - muitas delas, inclusive, foram apresentadas durante o Summit por empresários participantes do evento.

“Vimos possibilidades nas áreas de energia solar e de pré-moldados, por exemplo. Temos tudo para reerguer a economia. O Nordeste continua a bola da vez por suas características naturais. Essa é a hora de os corretores de imóveis sergipanos investirem mais ainda em aprimoramento profissional para aproveitarem as oportunidades e as parcerias”, acredita Sobral