YoutubeFacebookTwitterInstagram
Propaganda & Negócios
Author 404a62ad2eacd74d
Lúcio Flávio Rocha

Lúcio Flávio Rocha é graduado em Propaganda e Publicidade pela Unit e atua na área há quase 20 anos. Assina esta mesma coluna também no Cinform.

Comunicar-se ou sumir?
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
1f7ba6ca741bd378

Tenho sido bastante questionado por diversos empresários acerca do que as empresas devem fazer em relação ao marketing nestes tempos de recolhimento e baixo consumo. Na semana passada, inclusive, dei uma entrevista em uma rádio da cidade tratando exatamente deste tema.

Mas como fazer mídia sem fluxo? Como fazer isto, sem dinheiro? Obviamente as sugestões que faço são direcionadas apenas a aquelas empresas que continuam funcionando e empresas que possuem caixa suficiente para não sumir da mente dos seus clientes. Para as demais, a dica é: Sobreviva. E seja humano nas suas prioridades. Sua equipe, seu time, suas pessoas devem sempre estar na primeira fila. Eles jamais esquecerão.

Para quem tem fôlego para resistir a estes tempos duros, e tem grana para garantir o lugar na mente dos clientes, a dica é: Adeque o tom da comunicação para estes novos tempos. Não use a mesma linguagem de outrora, do tipo “compre, compre, compre”, pois passará uma péssima impressão ao seu consumidor.

Mude a campanha imediatamente! Vire a chave.  Vire o disco! Exercite a empatia. Mude as frases, não venda por uma mera necessidade de caixa da sua empresa, mas para suprir a necessidade de seus clientes. De novo: Seja humano.

Na Coluna da semana anterior eu trouxe inúmeros exemplos de empresas que estavam sendo sensíveis ao momento que estamos vivendo. Elas passaram a prestar serviços novos, gratuitos, diferentes. Pense nisto!

A pergunta que deve ser respondida é: como o meu cliente irá lembrar-se da minha empresa quando isto tudo passar? Será lembrada como a empresa que se aproveitou da crise para explorar ou colocar ainda mais pânico nos clientes? Ou como a empresa que ajudou a atenuar este grave problema? Está em suas mãos. Já passou álcool gel nelas?

8b5a385037da8aff

NÃO CORTE

Na semana passada, iniciei uma campanha através de um vídeo que objetivava sensibilizar empresas prestadoras de serviços essenciais a não interromperem o seu fornecimento nestes tempos em que as pessoas mais precisam deles. Que gestores e autoridades públicas pudessem postergar estas ações para um momento oportuno, após estes tempos tão complexos.

Isso se refere a água, luz, gás, telefone, internet e planos de saúde. Não se trata de não cobrar, mas de não cortar. Já na semana passada tivemos 2 boas notícias: Estão suspensos os cortes de água e de luz neste período. Estamos avançando!

TUDO PARADO

A GW Comunicação Visual, uma das maiores empresas deste segmento em Aracaju, pertencente aos amigos empresários Gustavo e Webster, comunicou à nossa Coluna que está com todas as suas atividades suspensas por força do decreto do governo estadual. “Não tem onde instalar nada. As empresas estão fechadas”, disse o sócio Gustavo Baretto.

70ef1c0bc5f55235

TUDO FUNCIONANDO

Já a Araxá Comunicação Criativa avisa que, mesmo com a equipe em home-office, está tudo on line por lá. “Este já é nosso modo de operação desde o ano passado, portanto, estamos prontos para manter os jobs em andamento e oferecer todo o suporte aos clientes nesse momento desafiador”, diz o publicitário Alex Araxá, proprietário da agência.

REPOST´S

Muito bacana a iniciativa da agência Freedom Digital em propor que, nesta crise dos negócios, seus clientes possam estar praticando a colaboração e interação mútua numa campanha batizada de #Repostamosjuntos. Empresas como a Engeb, Fanese, PubliMídia, Nordeste Condominial, Set comunicação, Suprema e Shopping Aju já estão fazendo parte da ação nas redes sociais.

SINTONIZE

As emissoras de rádio Fan FM, Nova Brasil e CBN estarão concedendo gratuitamente espaços em sua grade de programação para a divulgação de serviços delivery de Aracaju.

Uma belíssima atitude em tempos que este tipo de serviço se configuram como uma utilidade pública. No momento em que as pessoas estão mais em casa, ouvir rádio voltou a ser uma excelente fonte de distração e informação.

Bcf32312f97cf73a

ENGAJADOS

Cientes de sua responsabilidade social diante do quadro que se apresenta ao mundo, a agência MenteFértil está engajada na criação de diversas campanhas sociais. Uma delas refere-se a arrecadação de recursos para aquisição de equipamentos de proteção para os profissionais de saúde, verdadeiros heróis destes tempos. Louvável!

HÁ VAGAS I

A G2 Propaganda, uma das mais tradicionais e antigas agências do Estado, pilotada pelo querido amigo Rafael Galvão, traz algumas novidades para 2020. A primeira delas é um braço da agência com o foco na política. A empresa já saiu com anúncios nas suas redes sociais captando criativos para o seu quadro.

Vale a pena conferir a lista completa lá no insta deles, são mais de seis vagas. Fiquei sabendo que tem gente do cenário nacional, com uma vasta experiência em política, capitaneando este novo projeto juntamente com o inquieto Rafael.

HÁ VAGAS II

A rádio Fan Fm também está querendo reforçar o seu time, na área de marketing. Interessados devem enviar currículo para o seguinte endereço de e-mail: thiago.feitosa@redefanfm.com.br

PARA REFLETIR

“Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós”. João 14:18.