BNDES inicia pregão para estudar privatização da companhia

Pregão para estruturar projeto começa nesta terça-feira, dia 21

Por Portal Infonet
21 mar 2017, 10h15

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) começa nesta terça-feira, 21, o pregão eletrônico para a contratação de serviços técnicos especializados visando a estruturação de projetos para privatizar a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). De acordo com o edital, o contrato terá duração de dois anos [24 meses], tendo como objetivo “a universalização dos serviços de fornecimento de água e esgotamento sanitário”.

De acordo com as regras estabelecidas pelo edital, a licitação é restrita aos Consórcios que deram entrada no seu pedido de pré- qualificação até o dia 23 de janeiro deste ano e foram considerados pré-qualificados por atenderem às exigências do Edital de Pré-Qualificação, nos termos do Aviso de Licitação publicado no Diário Oficial da União em 05 de janeiro.

Em fevereiro, o BNDES divulgou a relação dos Consórcios pré-qualificados para participar desta licitação. De acordo com a relação publicada pelo banco no dia 22 de fevereiro, estão aptos para participar desta licitação os Consórcios Bain/Conen/Lacaz; APP Saneamento; AEE; CH2M/GO/AAA; Brasil Saneamento; Accenture/Engecorps/MP; Promon/Encibra/Madrona/Pezco; EY/Felsberg/Muzzi/Ema; KPMG/Sondotecnica /Dalpozzo; Saneamento Brasil; SEAV; Serenco/Proserenco/PCE/DBA; Sanear Brasil; Universalizar Saneamento; Acqua; Fator/Concremat/VG&P; DMHF; JNS/Infra/Aidar; BNDES Saneamento (PwC, Loeser e Portela, EGIS) e Sanear.

Histórico
Em 30 de novembro de 2011, o BNDES divulgou Chamada Pública de Seleção, classificada como BNDES FEP Prospecção – Saneamento, para financiamento de estudo técnico de avaliação dos meios e competências ao alcance do governo do Estado de Sergipe para prestação de serviços de saneamento básico em seus respectivos territórios, incluindo a realização dos investimentos necessários à expansão e à melhoria dos serviços, visando à sua universalização.

Em 14 de abril de 2015, a FGV Projetos, instituição que foi selecionada a realizar os estudos técnicos, publicou o Relatório Técnico Final, em cumprimento aos termos definidos para realização deste estudo no âmbito do FEP Prospecção 04/2011 – Saneamento.