UTILIDADE PÚBLICA

Georgeo defende união dos poderes no combate às drogas

Georgeo destacou também que muitas instituições estão empenhadas em entrar nesta luta, mas que a burocracia impede um avanço nos resultados

Por Assessoria do Parlamentar
30 maio 2017, 12h11

O deputado estadual e líder da oposição Georgeo Passos (PTC), ocupou a tribuna da sessão plenária da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (29), para falar mais uma vez sobre o aumento do consumo das drogas no País e especialmente, em Sergipe.

Em seu discurso, o parlamentar falou que os poderes precisam encarar a problemática das drogas como prioridade. “Nós sabemos que o Executivo têm a saúde, a segurança e educação como prioridade. Mas o aumento do consumo de drogas não pode mais ficar de fora do trato público. Além disso, o Legislativo tem que sair do discurso e elaborar políticas eficazes de combate e o Judiciário precisa coibir conclusivamente esses casos”, pontua.

Georgeo destacou também que muitas instituições estão empenhadas em entrar nesta luta, mas que a burocracia impede um avanço nos resultados. “Vemos que muitas instituições querem contribuir com o trabalho de combate. Aqui em Sergipe mesmo, temos comunidades terapêuticas e grupos religiosos tentando ajudar nesta questão, mas a dificuldade encontrada para a execução do trabalho é muito grande, eles não tem respaldo dos nossos governantes”.

O parlamentar informou que se estima em 100 mil dependentes químicos em Sergipe, mas que somente 10 vagas são disponibilizadas em hospitais para quem passa por esse problema. “Nós temos hoje em Sergipe provavelmente uns 100 mil dependentes químicos. E o Governo tem pouco espaço de atendimento deste público. O Ministério Público tem que ingressar em juízo para que o Poder Judiciário disponibilize vagas para atendimento de dependentes químicos. É uma ação paliativa, pois não combate o mal por inteiro. O ideal era a disponibilidade de uma clínica específica para esse tipo de tratamento, sem contar, que judicializando o Estado gasta bem mais”, explica o deputado.

Georgeo finalizou alertando que a sociedade é a maior prejudicada com essa questão e que os poderes precisam se unir em prol dessa questão. “A sociedade está perdendo feio essa batalha das drogas. A cada dia que passa, nós vemos o aumento da violência em Sergipe e isso é resultado do consumo desenfreado de drogas. Os poderes precisam se unir e trabalhar em conjunto para combater esse problema. Além disso, precisamos facilitar o trabalho de quem já está envolvida nessa questão, através de incentivos do Governo”, conclui.