POLÍTICAS PÚBLICAS

Governador discute desenvolvimento em evento da construção civil

Jaxkson Barreto participou da palestra do presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Gilberto Occhi, em evento organizado pela Aseopp

Por Agência Sergipe de Notícias
22 abr 2017, 12h33

O governador Jackson Barreto participou  da palestra do presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Gilberto Occhi, em evento organizado pela Associação Sergipana de Empresários de Obras Públicas e Privadas (Aseopp), cujo objetivo foi esclarecer mudanças no crédito imobiliário e promover contribuições para o desenvolvimento econômico em Sergipe.

O governador Jackson Barreto aproveitou a realização do evento para destacar o papel da Caixa Econômica como indutora no desenvolvimento de Sergipe e elogiou a Aseopp pela organização da iniciativa. “A Associação tem uma visão muito aguerrida dos problemas do estado, das intervenções que são fundamentais para o fortalecimento da nossa economia e das obras, da geração não apenas de emprego, mas de qualidade de vida. O Estado de Sergipe se sente muito gratificado de participar desse debate porque, afinal de contas, as grandes obras que o Estado executa nesse momento, fez no passado e pensa em realizar no futuro são todas umbilicalmente ligadas à Caixa Econômica, que é o nosso grande banco social. A Caixa está envolvida nas obras de infraestrutura do estado, em rodovias e no grande projeto que o estado executa nesse momento, que é de construção de adutoras. É também a mola-mestra do Proinveste, dos corredores de transporte da mobilidade urbana, do grande projeto de Aracaju em ser transformada em uma capital com quase 100% de esgotamento sanitário. É evidente que esse encontro aqui da Aseopp, com a presidência de Luciano Barreto e a presença da diretoria da Caixa, e principalmente de seu dirigente Gilberto Occhi, que não é sergipano de nascimento, mas de coração e adoção, porque é um cidadão daqui, e que nos cargos que ocupa tem sempre um olhar diferenciado para as coisas de Sergipe, nos dá a certeza de que não estamos sozinhos para enfrentar as dificuldades e os desafios que o estado enfrenta. Ao lado dele temos um amigo, um companheiro e, acima de tudo, a Caixa Econômica para conduzir esse processo de desenvolvimento”, comentou.

A opinião foi reforçada pelo empresário e presidente da Aseopp, Luciano Barerto, que, em seu discurso, falou sobre o papel da Caixa Econômica no fortalecimento da construção civil. “É importante frisar que em todas as crises que presenciei na construção civil, a Caixa foi instrumento incentivador da construção civil e permitiu a retomada do crescimento do Brasil. Esse evento visa reafirmar isso”.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, ressaltou a importância do setor da construção civil no desenvolvimento do estado e da Caixa Econômica na vida dos sergipanos. “Nós sabemos que o que gira a economia com mais rapidez e que tira o país da crise é a construção civil, e aqui temos empresários desse setor tanto no ramo de obras públicas, quanto na incorporação imobiliária. Além de gerar emprego e renda, diminui o déficit habitacional. A parceria com a Caixa é tão importante que praticamente todas as obras que o estado está executando têm parceria com a Caixa e a prefeitura também e várias operações. A Caixa é fundamental na vida dos sergipanos”, disse.

Durante o evento, Gilberto Occhi falou do protagonismo do governador Jackson Barreto na obtenção do convênio entre a Federação Sergipana de Futebol e a Caixa Econômica Federal. “Quero agradecer ao governador e lembrar que, ao ser perguntado sobre o patrocínio do futebol sergipano, fiz questão de registrar que você também esteve lá no gabinete para pedir apoio para o futebol sergipano. Reclamava que [a Caixa] só patrocinava Flamengo, Vasco, Corinthians. Então nós estamos patrocinando também o futebol de Sergipe. O governador esteve lá com Milton Dantas, presidente da Federação, e nós tivemos a oportunidade de construir uma solução. 14 estados não têm times nas séries A e B, e só três deles possuem o apoio da Caixa. Um deles é Sergipe, pois o governador fez esse apelo e encontramos alternativas”, lembrou.

MINHA CASA, MINHA VIDA

Em Sergipe, o programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ irá beneficiar, em breve, moradores dos municípios de Poço Verde, Tobias Barreto e Estância. Na primeira localidade, o Conjunto Residencial Governador Marcelo Déda beneficiará 311 famílias. Todas as casas são padronizadas e contam com dois quartos, cozinha, banheiro, piso e forro. Além disso, as ruas ganharam pavimentação, iluminação e esgotamento. A execução do conjunto ficou a cargo da construtora poço-verdense J Filhos, que atualmente emprega 40 funcionários no local.

No município de Tobias Barreto, em parceria com o Governo Federal, o Governo de Sergipe está concluindo obras das unidades habitacionais dos conjuntos Agripino Bernardo I e II. Os dois residenciais receberam recursos no valor de R$ 43.352.118,20, sendo que o Estado está investindo R$ 8.582.118,20 na execução dos serviços de infraestrutura. Serão mais de 3 mil pessoas em situação de vulnerabilidade beneficiadas.

Situado na região Sul, o município de Estância recebe R$ 67 milhões em habitação popular, sendo que R$ 12 milhões são de contrapartida do Estado. São 957 casas, que vão contribuir para a redução do déficit habitacional.

PRESENÇAS

Estiveram presentes no evento o secretário de Estado da Comunicação Social, Sales Neto; o assessor especial do Governo, Oliveira Junior; o vice-presidente da Assembleia Legislativa, Garibalde Mendonça; o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira; o presidente do DER, Antônio Vasconcelos; o diretor-presidente da Cehop, Caetano Quaranta, a vice-presidente da Ademi, Danusa Silva e representantes do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Sergipe.