VALORIZAÇÃO

Governo do Estado promove data histórica para a Polícia Militar

Pela primeira vez no Brasil, centenas de policiais militares foram promovidos por tempo de serviço, o que só foi possível graças a uma Lei sancionada pelo governador Jackson Barreto

Por Agência Sergipe de Notícias
25 abr 2017, 09h53

O Governo do Estado realizou, na noite de ontem, segunda-feira, 24, no ginásio Constâncio Vieira, um evento histórico para a Policia Militar (PMSE). Pela primeira vez, 1.267 agentes, entre praças e oficiais, puderam subir de patente através da Progressão por Tempo de Serviço (PTS), instituída recentemente através da legislação sancionada pelo governador Jackson Barreto e aprovada pela Assembleia Legislativa (Alese).

De acordo com o governador Jackson Barreto, esse é um momento ímpar para a PMSE. “Depois de 182 anos, a corporação recebe esse belo presente, que é a PTS. É uma vitória da Polícia Militar, da sociedade sergipana e das famílias dos militares. Hoje evidenciamos um recorde de promoções na história de Sergipe e, guardada as devidas proporções, em nosso país. Isso significa respeito e reconhecimento ao papel exemplar da polícia em todo nosso estado”, declarou.

O secretário de Estado da Segurança Pública, João Eloy, disse que o trabalho dos agentes deve continuar a ser evidenciado e reconhecido pelo Estado. “O evento de hoje é um reconhecimento do governo ao belíssimo trabalho que a PMSE vem desenvolvendo em Sergipe. Nada mais justo que proporcionar essa promoção a centenas de agentes de uma só vez. Isso, com certeza, vai ficar na história, pois, para um policial, não há nada melhor que ter seus esforços reconhecidos dentro da instituição”, avaliou.

Para o comandante geral da PMSE, Marcony Cabral, a ação desta noite foi a concretização de um sonho. “Nunca mais haverá a possibilidade de um militar não ter uma expectativa de promoção na carreira. Isso era um anseio que o governador tornou realidade, promovendo uma ação de magnitude nunca antes vista na PMSE. Essas quase 1.300 promoções significam que tínhamos muitos atrasos na progressão das carreiras dos PMs e, de uma só vez, o governo ajustou essas demandas. É como se o governador estivesse nos agradecendo pelo trabalho desempenhado diariamente nas ruas de Sergipe”, afirmou.

Ainda segundo o governador, mesmo com todos as dificuldades, era dever do Estado garantir que esses profissionais fossem contemplados. “A gente sabe que essas promoções vão aumentar a folha [de pagamento], mas não podíamos deixar de promovê-las. O Estado deve muito à nossa Polícia Militar, e esse esforço vale a pena, porque a corporação merece muito pelo respeito que ela representa para o povo sergipano. Como garantir segurança em um momento de tanta dificuldade, de tanta violência, se não tivermos ao nosso lado uma polícia satisfeita, com parte dos seus sonhos realizados? Dificuldades sempre irão existir, mas cabe a nós nunca parar de trabalhar para que consigamos dar a volta por cima”, revelou.

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, reconheceu esse esforço e afirmou que a gestão estadual demonstra, com esse evento, profundo respeito pelos homens e mulheres que fazem parte da PMSE. “Esse é um grande gesto, uma posição que revela compromisso do governador com a Polícia Militar e, acima de tudo, faz justiça com a corporação, garantindo mais qualidade de vida para esses profissionais. Isso é um exemplo, inclusive, para o Brasil, pois essa é a primeira polícia a usar o critério de progressão temporal, o que deve incentivar muito à PMSE a trabalhar cada vez melhor em benefício da nossa população”, observou.

O evento marcou a promoção de 44 oficiais e 1.223 praças da PMSE. Vale frisar que, do montante promovido nesta solenidade, apenas 20 oficiais não estão ascendendo por meio da PTS, sendo elevados por força do sistema tradicional de promoção.

VALORIZAÇÃO

A agora cabo Kelly Gardênia Gomes de Souza, afirma que a conquista configura um grande ajuste na carreira de centenas de profissionais. “Depois de todos os atrasos e problemas que encontramos pelo caminho, é gratificante sermos reconhecidos pelo trabalho que realizamos. A ação do Governo foi bastante valorosa a todos os policiais militares, pois ela foi muito importante para essa conquista”.

Realidade que o companheiro de patente Tiago Menezes Rodrigues compartilha e reafirma. “O dia de hoje é uma realização, já que a gente estava esperando isso há muito tempo. Ser promovido a cabo depois de 11 anos de serviço é uma emoção forte. O Governo fez justiça ao contemplar o anseio da corporação, e isso nos deu muita motivação. A diferença será vista nas ruas”, garantiu.

Promovido a primeiro sargento, Sidney de França Santos comemorou ao lado da família. “Para nós, esse dia é motivo de alegria, para festejar, pois ele foi muito aguardado. As promoções estavam paralisadas e, só a partir desse projeto, tivemos a oportunidade de ascender nas graduações através do tempo de serviço. Agradecemos primeiramente a Deus e depois ao governador do Estado pela sensibilidade em compreender a necessidade que os policiais têm de ascender na carreira profissional. Isso nos dá motivação, pois cada um rende melhor sendo reconhecido. Todos os envolvidos estão de parabéns”, agradeceu.

O oficial Emerson Nascimento Souza, que passou de capitão a major, também compartilhou dessa emoção. “É uma alegria imensa para mim e para meus familiares, pois essa é uma promoção bastante esperada. Tenho que agradecer a todos que contribuíram para esse dia, que jamais esquecerei, chegasse. O Governo do Estado teve uma importância muito grande nesse processo, pois foi o esforço do comandante geral, do governador e da SSP que concluíram esse trabalho, depois de muito tempo e esforço aplicados por todas as partes”, reconheceu.

Para o cabo Ednaldo Prata Góis todos merecem o reconhecimento da corporação. “A PMSE está de parabéns e o governo também, pois ambos tiveram participações muito importante na construção desse intenso debate. Não tenho dúvidas que o governo foi essencial para esse dia, a sensibilidade do governador Jackson Barreto fez com que Sergipe fosse pioneiro com um projeto tão grandioso. Portanto hoje é um dia de alegria para todos nós, para a polícia, paro o governo e para a sociedade sergipana, que terá policiais mais empenhados em promover a segurança, que é o que mais importa”, afirmou.

MELHORIAS

Em dezembro de 2016, Jackson também sancionou a Lei de Subsídios aos Militares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. A ação foi possível, pois em 29 de setembro, o governador assinou Mensagens e Projetos de Lei sobre progressão automática na carreira e subsídios, a fim de consolidar direitos adquiridos pelos agentes.

A Gratificação de Atividade em Eventos (Grae) foi transformada em Retribuição Financeira Transitória pelo Exercício de Atividade Extraordinária (Retae) em 2017, permitindo que cabos e soldados recebam valor duas vezes e meia maior que o anterior. Passa a haver auxílio uniforme anual no valor de R$ 1.700, que beneficiará todos os oficiais e praças da PMSE/BMSE. Com as medidas, o policial militar passar a ter subsídio como forma de remuneração, desaparecendo a possibilidade de perdas na sua aposentadoria de algum recurso.

Presenças

Também estiveram presentes durante a solenidade os secretários de Estado da Comunicação Social, Sales Neto; de Governo, Benedito Figueiredo; da Justiça e da Defesa ao Consumidor, Cristiano Barreto; da Mulher, Inclusão, Assistência Social, do Trabalho e Direitos Humanos, José Sobral; o vice-presidente da Alese, Garibalde Mendonça, e os deputados estaduais capitão Samuel e Venâncio Fonseca; o prefeito de Moita Bonita, Marcos Costa; o presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju, Joselito Vitale e o superintendente do escritório de Sergipe em Brasília, Heleno Silva.