REGISTRO MERCANTIL

Junta Comercial lança serviços totalmente digitais

Lançamento de Registro Digital, emissão de certidões empresariais via internet, selo comemorativo; e assinaturas de termos de convênio com Prefeitura de Boquim, CDL de Lagarto e TCE/SE marcaram evento

Por Ascom Jucese
10 maio 2017, 10h24
2017, com certeza, ficará marcado na história da Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese) por muitos anos. Em uma noite memorável, a autarquia do Governo de Sergipe, ligada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia de Sergipe (Sedetec), lançou a JUCESE DIGITAL.
Com o auditório do Centro de Eventos João Augusto Gama – anexo ao Comfort Hotel -, lotado de autoridades políticas, classe empresarial, classe contábil, presidentes de Juntas Comerciais de outros Estados, usuários e colaboradores da Jucese, a sociedade sergipana na noite desta segunda-feira, 8, conheceu mais sobre a série de ações modernas, tecnológicas lançadas pela autarquia que completa 120 anos de existência em 2017, mais precisamente no dia 8 de novembro.
Uma das principais ações da JUCESE DIGITAL é o Registro Digital. A partir de agora, os usuários da Junta Comercial – a exemplo dos empresários, profissionais da Contabilidade – poderão fazer o registro de constituição, alteração ou baixa de uma empresa totalmente pela internet, através do Portal de Serviços Agiliza Sergipe, eliminando a necessidade ir à sede ou uns dos dez Escritórios Regionais da autarquia no Interior do Estado.
SELO E CONVÊNIOS 
Outra novidade importante é a solicitação e a obtenção de forma online, por meio do Portal Agiliza, de todos os tipos de certidões empresariais (Simplificada, Específica e de Inteiro Teor) na Jucese. Tratam-se de documentos solicitados constantemente pelos usuários na Junta Comercial, principalmente, para comprovar a existência de registros de empresas em nome de uma pessoa física ou para participação numa licitação pública.
Além das modernizações de serviços, a noite foi marcada pelo lançamento do selo dos Correios em celebração aos 120 anos de vida da Jucese; assinaturas de termos de convênios para o pleno funcionamento dos Escritórios Regionais da Junta Comercial nos municípios de Lagarto – em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas da cidade – e Boquim – com o apoio da Prefeitura Municipal; assinatura de convênio com o Tribunal de Contas do Estado – com a finalidade do órgão ter acesso a todos os registros de empresas; e homenagem a funcionária mais antiga da autarquia, Iracema Arcieri.
“Seguindo sempre as orientações do governador Jackson Barreto, ao completar 120 anos, a Junta Comercial entra de vez na era digital, oferecendo rapidez, facilidades e segurança para o empresário e para a sociedade sergipana”, frisou o presidente da Jucese, George da Trindade Gois, na solenidade.
FRUTO DE ESFORÇOS
Na ocasião, George Trindade também ressaltou a importância do trabalho árduo dos funcionários da Junta Comercial e do Colégio de Vogais da autarquia, que é composto por representantes da União; do Governo de Sergipe; Fecomércio; FIES; Federação da Agricultura; Conselho de Administração, de Economia, de Contabilidade; Associação Comercial; OAB.
“Tudo isso é fruto de muito trabalho, de muito esforço, ao qual não posso deixar de reconhecer. Toda essa evolução foi graças à participação efetiva do vocalato e dos servidores da Junta Comercial, ao qual gostaria de saudar e pedir uma salva de palmas. Os servidores são merecedores, são pessoas dedicadas”, destacou o presidente da Jucese.
O secretário da Sedetec, José Augusto Carvalho, em seu discurso, fez questão de ressaltar os maiores favorecidos das modernizações da Jucese: os cidadãos de Sergipe. “Gostaria de dar parabéns ao povo sergipano que é o beneficiário final disso tudo, que vai usufruir dos frutos deste trabalho da Junta Comercial. Espero que esta contribuição que estamos dando faça como que os negócios fluam, resultem em mais empregos, mais renda”, afirmou.
O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, que prestigiou o evento, destacou a importância de iniciativas, como a da Junta Comercial, de colocar a tecnologia como aliada da gestão pública. “O lançamento deste serviço de simplificação digital é um grande passo. Mesmo vivendo um tempo de muitas dificuldades, o trabalho da Jucese mostra que é possível realizar. É tempo de desburocratizar, de estimular o empreendedorismo”, disse.
SEGURANÇA DO REGISTRO 
Presente no lançamento, o deputado federal Laércio Oliveira, também presidente da Fecomércio, frisou em seu discurso o trabalho executado por George Trindade à frente da Jucese: “George, jovem talento do nosso Estado, proporciona um momento especial e gratificante para o setor empresarial aqui no nosso Estado. Isso é motivo de muita satisfação. A minha origem é o setor empresarial e vivo um momento histórico”.

Além de autoridades sergipanas, o evento foi prestigiado por presidentes de várias Juntas Comerciais do País, a exemplo de Rafael Lousa – atual presidente da Federação Nacional de Juntas Comerciais (Fenaju) e presidente da Junta de Goiás. “Satisfação poder compartilhar deste momento de sucesso dos 120 anos da Jucese”, afirmou.

“Toda a equipe da Jucese está de parabéns por ofertar para a população um ambiente de negócios muito mais favorável, com condições tecnológicas que agilizam, dão mais segurança ao Registro Mercantil, estimulando o empreendedorismo no Estado”, destacou o presidente da Junta de Goiás.

Presidente do Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRCSE), Angela Dantas, também parabenizou a modernização realizada pela Junta Comercial. “A maioria dos usuários da Jucese são contadores. Se a gente fizer uma retrospectiva, percebemos que 10 anos atrás um processo era protocolado e a resposta só chegava em cinco dias. Agora, com a Jucese Digital, teremos uma resposta imediata. Saímos do papel e estamos na era digital”, comemorou.

PRESENÇAS

Também compareceram ao evento membros do Colégio de Vogais da Jucese; presidente da Alese, deputado estadual Luciano Bispo; presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju, Nitinho Vitale; prefeito de Boquim, Eraldo Andrade; diretor do Departamento de Registro Empresarial e Integração, Conrado Lopes; diretor-regional dos Correios, Israel Bispo; vice-presidente de Desenvolvimento Operacional do Conselho Federal de Contabilidade, Aécio Dantas Júnior; presidente da Acese, Marcos Pinheiro; presidente do Conselho Regional de Administração, Sidney Vasconcelos; secretário de Indústria, Comércio de Itabaiana, Carlos Eloy; presidente da Academia Sergipana de Ciências Contábeis, Salete Leite; chefe da fiscalização da Receita Federal em Aracaju, André Passos; entre outros representantes da classe contábil, empresarial.