TURISMO RELIGIOSO

Matos se reúne para definir Paixão de Cristo

Ele é um dos envolvidos na 29º edição da Encenação da Paixão de Cristo, que conta com o da Secom

Por Assessoria de Imprensa do Parlamentar
04 abr 2017, 08h20
O deputado estadual Moritos Matos (PROS) participou de reunião na Secretaria de Comunicação Social do Estado – Secom – com o intuito de falar sobre a 29º edição da Encenação da Paixão de Cristo e agradecer o apoio da Secretaria para o evento. Estavam presentes a reunião o assessor técnico Operacional da Secom, Francisco Oliveira, as responsáveis pelo setor de eventos da Secretaria, Silene Lázaro e Fernanda Assis, as representantes da empresa Pacific Eventos, Alexsandra Andrade e Sabrina Faria, e um dos organizadores da Paixão de Cristo, Jailson Farias.
A Encenação da Paixão de Cristo 2017 vai acontecer no dia 14 de abril, no Parque Governador Rollemberg Leite (Parque da Cidade), no Bairro Porto D’antas, em Aracaju. “Essa é a maior encenação a céu aberto de Sergipe. Acompanham o evento sergipanos e também pessoas de outros Estados”, afirma o deputado Moritos Matos, que representa Jesus Cristo na peça.
Em média, a Encenação da Paixão de Cristo recebe um público de 20 mil pessoas. O espetáculo conta a trajetória de Jesus Cristo, desde o seu nascimento até a ressurreição. A encenação acontece há sete anos no Parque da Cidade e este ano o espetáculo produzido pelo deputado Moritos Matos completa 29 anos. “O teatro também é um momento de evangelizar e todos que participam da Encenação fazem com muito carinho e amor junto com a comunidade. As pessoas ajudam no cenário e as roupas são confeccionados pelos próprios participantes da peça”, ressalta Moritos Matos.
De acordo com o parlamentar, participam do evento mais de 150 pessoas. Efeitos especiais e fogos de artifício também farão parte da Encenação. A entrada é gratuita e o evento começa às 19h. “É um momento belíssimo, as pessoas que vão assistir  com certeza vão se emocionar, porque vão viver passagens da Bíblia, um pouco daquilo que Jesus passou durante o seu evangelho. Desde o seu nascimento, sua vida, paixão, morte e a sua ressurreição gloriosa”, enfatiza o deputado Moritos Matos.