PERSPECTIVAS

Ministro virá a Sergipe discutir futuro da Petrobras

O convite foi feito pelo deputado estadual Luciano Pimentel, PSB, que anda preocupado com a atuação da empresa

Por Assessoria do Parlamentar
20 abr 2017, 13h01
Decidido: o ministro das Minas e Energias, Fernando Bezerra Filho, aceitou nesta quarta-feira, 19, o convite feito pelo deputado estadual Luciano Pimentel, PSB, para que venha a Sergipe discutir numa audiência pública na Assembleia Legislativa o futuro da Petrobras no Estado. Possivelmente ele dissipe, de uma vez por todas, o receio de que a companhia possa encerrar as suas atividades por aqui.
Na última segunda-feira, Luciano Pimentel fez um pronunciamento na Alese chamando a atenção para a falta de investimento da Petrobras em projetos novos em Sergipe, revelando dados sobre a queda de prospecção de petróleo em mar e terra, redução drásticas dos roylaties gerados e alertando para a iminência de, no futuro, a seguir com esta política, a companhia venha a deixar de operar no Estado.
“Essa possibilidade pode significar nada ou quase nada para a Petrobras, porque simbolizamos apenas 1.9% dentro do negócio dela no Brasil. Mas para nós sergipanos significa muito. E foi exatamente isso que eu disse ao ministro”, afirma Luciano Pimentel.
Segundo o parlamentar, depois da confirmação da intenção de Fernando Bezerra em vir a Sergipe conversar com a classe política e empresarial, agora as coisas vão se dar no campo das agendas dele e da Alese. “A partir de agora, estou apenas na espera de uma agenda do ministro para, em sintonia com o presidente Luciano Bispo, aprovarmos um requerimento oficializando o convite a ele”, diz.
Para Luciano Pimentel, a preferência de dia recai sobre uma segunda ou uma sexta-feira, “porque pegaríamos em Sergipe a quase totalidade dos 11 parlamentares federais, que poderiam tomar parte nesta discussão que, de fato, interessa a todos”. O deputado federal Valadares Filho, que cumpriu agenda ao lado de Luciano Pimentel na visita a Fernando Bezerra Filho em Brasília, aprova toda a movimentação do seu correligionário estadual.
“Creio que Luciano Pimentel presta um relevante serviço a Sergipe e à Petrobras com este pronunciamento feito na segunda e com a visita e o convite ao ministro. Todos nós sabemos o que representa a Petrobras para Sergipe e não devemos deixar passar em brancas nuvens situações como a que acontece no nosso Estado. Eu pessoalmente tenho interesse nesta audiência pública”, disse o deputado federal. Luciano repassou cópias dos dados levantados por ele sobre a Petrobras para o senador Eduardo Amorim e vai repassar ao senador Valadares. “Eu gostaria de ver um número máximo de pessoas sergipanas envolvidas nesta questão. Não somente nós parlamentares”, diz ele.