PERSEGUIÇÃO

Temer retalia aliados que votaram contra reforma

Por terem votado contra a visão do Palácio do Planalto na reforma trabalhista, três deputados federais estão sendo retaliados: Pastor Jony Marcos, Valadares Filho e Adelson Barreto

Por Jozailto Lima
29 abr 2017, 10h39

O Governo de Michel Temer guarda os mesmos ranços fisiológicos dos demais Governos que o Brasil já experimentou.

Por terem votado contra a visão do Palácio do Planalto na reforma trabalhista, três deputados federais estão sendo retaliados: Pastor Jony Marcos, Valadares Filho e Adelson Barreto.

Eles estão perdendo poder de mando sobre determinados órgãos públicos federais em Sergipe.

Valadares Filho já pagou com o corte no mando de territórios como  DNOCS, Funasa e IPhan.

E pode chegar à Codevasf, que é domínio do senador Valadares.