DECISÃO JUDICIAL

Com bens bloqueados, Ezequiel Leite diz que vai provar inocência

Em nota, o ex-prefeito de Capela garante que se mantém tranquilo e disposto a prestar todos os esclarecimentos necessários

Por NE Notícias
17 maio 2017, 09h19

O ex-prefeito de Capela, Ezequiel Leite, foi surpreendido com a decisão da juíza do município, Andréa Caldas de Souza Lisa, que determinava o bloqueio de seus bens para assegurar o ressarcimento aos cofres públicos, em caso de condenação, do valor de R$ 1.048.000,00.

De imediato, o ex-prefeito acionou sua assessoria jurídica, no sentido de assegurar os procedimentos jurídicos necessários para tentar reverter os efeitos daquela decisão.

A medida é fruto de uma Ação Civil Pública, movida pelo Ministério Público Estadual, para apurar a realização de inexigibilidade de licitação na contratação de empresa responsável pela apresentação de bandas musicais durante os festejos do tradicional São Pedro de Capela, em 2013.

Como não se trata de uma condenação, Ezequiel Leite se mantem tranquilo e disposto a prestar todos os esclarecimentos necessários ao Poder Judiciário e ao Ministério Público. Porém, já antecipa que apenas realizou o mesmo procedimento de contratação de artistas que é feito por várias prefeituras sergipanas.

“É sabido por todos que em Sergipe todo mundo se conhece. Nós estamos tranquilos porque temos consciência de tudo o que fizemos em Capela e sem a necessidade de qualquer questionamento. Respeitamos a posição do MPE e vamos provar que não violamos nenhum dos princípios da administração pública”, explica Ezequiel Leite.