Vereadores formam comissões e definem eleição para Conselho de Ética

Parlamentares aprovaram, ainda, projeto que trata de pagamento de diárias

Por Jozailto Lima
15 mar 2017, 10h52

Na segunda sessão da Câmara Municipal de Pacatuba, Região do Baixo São Francisco, os vereadores definiram os membros que irão integrar as comissões de Constituição e Justiça – CCJ – e Orçamento e Finanças. Além disso, os parlamentares também estabeleceram para a sessão da próxima semana a eleição para o Conselho de ética da Casa.

A Comissão de Constituição e Justiça foi formada por: Domingos Lisboa (Presidente), Jerônimo Izidório (Relator) e Petrônio da Silva (Membro). Já a Comissão de Orçamento e Finanças ficou formada por: Rosana Barreto (Presidente), Pedro Bala (Relator) e Tiago de Zé Neto (Membro).

Durante a sessão, os parlamentares aprovaram, ainda, dois projetos de resolução. O de número 1, que foi aprovado por unanimidade, dispõe sobre a formação das comissões e o de número 2, aprovado por 8 votos a favor e 1 contra, trata das indenizações pagas referentes às diárias a servidores da Câmara e aos parlamentares municipais, conforme prevê a lei brasileira.

O voto contrário foi de Petrônio da Silva. “Registre-se que o custeio com viagens e possíveis deslocamentos dentro do estado ou fora dele a serviço da câmara municipal ocorrerão as custas do parlamentar, conforme sua própria anuência em face do desinteresse no recebimento das respectivas indenizações”, justificou o parlamentar.

Ainda na sessão, os vereadores apreciaram o Projeto de Resolução nº5, que dispõe sobre a criação da estrutura administrativa da Câmara, que trata de cargos efetivos e comissionados. A matéria foi encaminhada pela mesa-diretora às comissões e será votada na próxima semana.