#FORATEMER

Esquerda e direita convocam atos pela saída de Temer

O Vem Pra Rua, que pediu o impeachment da petista, e as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, contrárias à sua queda, devem protestar lado a lado na avenida Paulista, em São Paulo

Por Folha de São Paulo
18 maio 2017, 11h48

Movimentos que estiveram em lados opostos nas manifestações que antecederam o impeachment de Dilma Rousseff (PT), em 2016, convocaram para domingo (21) atos pedindo a saída do presidente Michel Temer (PMDB). Na noite de quarta, protestos já chegaram às ruas.

O Vem Pra Rua, que pediu o impeachment da petista, e as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, contrárias à sua queda, devem protestar lado a lado na avenida Paulista, em São Paulo.

Ambos afirmam, porém, que não haverá ato unificado para pedir que Temer saia do governo. “Não pode ser junto, pedimos a prisão de Lula também”, afirmou o líder do Vem Pra Rua Rogério Chequer à Folha na manhã desta quinta-feira (18).

O coordenador da Frente Povo Sem Medo e do MTST (Movimento dps Trabalhadores Sem Teto) Guilherme Boulos também afirmou que a cooperação entre os movimentos é “muito difícil”. “Obviamente que nós não queremos nenhum tipo de enfrentamento, mas fazer ato conjunto com esses grupos é algo praticamente inviável”, disse.