YoutubeFacebookTwitterInstagram
COMPLEXO DE OBRAS
Por Secom Aracaju | 21 de Jan de 2019, 15h48
Edvaldo autoriza obra de infraestrutura na Avenida Euclides Figueiredo
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
82cadec1ebdb3f77

Na solenidade, Edvaldo ressaltou o apoio que conseguiu da bancada federal

O prefeito Edvaldo Nogueira autorizou, na manhã desta segunda-feira, 21, a obra que irá solucionar, de forma definitiva, os alagamentos na avenida Euclides Figueiredo, na Zona Norte de Aracaju.

Com investimento de R$ 7,6 milhões, a Prefeitura realizará a implantação de micro e macrodrenagem e a retirada de todo o pavimento antigo para a aplicação de nova camada asfáltica. A ação integra um complexo de obras que a atual gestão desenvolve na área, como a infraestrutura dos loteamentos Moema Mary I e II e Jardim Bahia.

“Este é um momento de grande felicidade e importância para a cidade, pois esta obra resolverá um problema que se arrasta há anos. Nunca esqueço quando passei por aqui na minha campanha e prometi fazer a obra do Moema Mary e ninguém acreditou. Hoje estamos fazendo a primeira etapa e nos próximos dias iniciaremos a segunda. Depois disso, no dia mais emblemático do meu mandato, enfrentamos uma chuva que alagou toda essa área. Coloquei uma galocha e vim para cá. Saí daqui com o propósito de solucionar este problema e encontramos uma solução”, relatou o prefeito em seu discurso durante a solenidade.

Edvaldo ressaltou o apoio que conseguiu junto à bancada federal de Sergipe. “Fui atrás de emendas, apoio, e conseguimos os recursos para estas obras, porque tive a ajuda de pessoas comprometidas, como é o caso da minha equipe e dos parlamentares federais, que liberaram a emenda impositiva. Faço política diferente. Não sou o prefeito do partido A ou B, mas de todo mundo. Fui eu que vim pedir voto e não posso ficar com mimimi. Por isso, agradeço aos deputados André Moura, Jony Marcos, Adelson Barreto e a todos os que compõem a bancada, pela ajuda e colaboração”, destacou.

O prefeito detalhou como se dará a obra. “Esta obra tem como finalidade resolver o problema de drenagem das águas. Vamos rasgar a pista e colocar tubos para desaguar nos canais. E quais eram as principais causas do problema? A terra que descia do Moema Mary e entupia a tubulação. A obra do loteamento já está sendo realizada, agora faremos a segunda etapa e a obra da avenida. Tudo isto leva tempo. Este ano ainda será de sofrimento e transtornos, mas ano que vem a história será outra. A obra não vai começar agora, de imediato, porque primeiro vamos pavimentar ruas próximas para desviar o trânsito. O prazo dessa obra é de 10 meses. Mas vamos dar um mês a mais, com previsão de inaugurar em dezembro deste ano, começando uma nova fase para esta região”, disse.

A obra se iniciará a partir da rótula do bairro Lamarão se estendendo por 1,3 km da avenida Euclides Figueiredo, entre os bairros Soledade e Dom Luciano. Serão investidos R$7.621.233,93, através de convênio com o Governo Federal. A empresa contratada é a Camel Empreendimentos. “Na obra, substituiremos toda a rede de drenagem por um sistema maior, aliado a isso os serviços no Moema Mary e Jardim Bahia diminuirão a quantidade de argila e área que descem para a avenida, o que acabará com os alagamentos”, explicou o presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização, Sérgio Ferrari.

“GRANDE VITÓRIA”

Para o deputado federal André Moura, a obra representa “uma grande vitoria”. “São mais de R$ 7 milhões através dessa parceria que trará a solução não só para quem mora aqui, mas para quem passa com frequência por esta avenida, uma vez que ela interliga vários bairros importantes da nossa capital. É uma importante iniciativa do prefeito Edvaldo Nogueira de poder solucionar definitivamente esse problema dando a ordem de serviço para início das obras. É uma grande vitória para a Prefeitura e para os moradores da zona Norte”, disse.

Da mesma forma, o deputado federal Adelson Barreto declarou estar “transbordando de alegria”. “Este é um problema de décadas que agora vai ter solução. O prefeito Edvaldo Nogueira desenvolveu um trabalho atípico da tradição política ao, após eleito, ir atrás de todos os deputados e senadores, de situação e oposição, para ajudar Aracaju. Edvaldo não mandou emissário, ele foi pessoalmente. A obra desta vez é para valer”, afirmou.

Acompanharam a solenidade os deputados federais André Moura, Adelson Barreto e Jony Marcos, o presidente da Câmara de Vereadores, Nitinho Vitale, os vereadores Fábio Meireles, Isac Silveira, Seu Marcos e Anderson de Tuca, além de secretários municipais, lideranças comunitárias e moradores da região.