YoutubeFacebookTwitterInstagram
festival
Por Ascom do Município | 03 de Fev de 2020, 18h15
Edvaldo comemora sucesso da retomada do Projeto Verão
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
Bc2fc692b0d227bc

Foi um momento muito importante para movimentar a nossa cultura, para fazer a alegria das pessoas

O prefeito Edvaldo Nogueira comemorou o sucesso do Projeto Verão, que aconteceu na Orla da Atalaia no último final de semana. Realizado pela Prefeitura de Aracaju, com patrocínio do Ministério do Turismo, a festa retornou à programação de eventos da capital após seis anos e atraiu milhares de pessoas. Grandes shows de Diogo Nogueira, Paralamas do Sucesso, Ira!, Reação, Cordel do Fogo Encantado e The Baggios, atividades esportivas e, em paralelo, a realização da Arena Criativa, com foco na economia da cultura, deram o tom do Projeto Verão.

 

“A retomada do Projeto Verão foi um sucesso. Foi um momento muito importante para movimentar a nossa cultura, para fazer a alegria das pessoas. O Projeto Verão é diversidade, é cultura, é esporte, é empreendedorismo e representa inovação e modernidade, pensando sempre na população. O resultado foi uma festa linda que atraiu milhares de pessoas para a Orla da Atalaia. Estamos muito felizes”, afirmou o prefeito.

 

Edvaldo destacou o impacto positivo na economia da cidade. “O Projeto Verão movimentou a economia. Toda uma cadeia foi impactada, como os taxistas, os motoristas de aplicativo, os ambulantes, os bares e restaurantes e os hotéis. O Projeto Verão é arte, diversão e geração de emprego e renda. Retomamos em grande estilo”, disse. O prefeito também exaltou a primeira edição da Arena Criativa. “Foi uma iniciativa maravilhosa voltada ao fortalecimento da economia criativa, com as feirinhas, oficinas de música, dança, circo, os games, o hip-hop”, frisou.

 

Outros pontos elencados pelo gestor municipal foram a organização e a segurança da festa. “Foi tudo muito bem planejado. A atuação efetiva dos agentes de trânsito, da Guarda Municipal, o Camarote da Acessibilidade, tudo com muita qualidade e efetividade para que o Projeto Verão ocorresse com tranquilidade em todos os aspectos”, afirmou Edvaldo, que circulou por toda a praia nos dois dias interagindo com a população.

 

“Festival maravilhoso”

 

O sambista Diogo Nogueira, uma das atrações do domingo, elogiou a festa. “É maravilhoso fazer parte de uma festival como esse, onde as pessoas que não têm como ir a uma casa de show têm a oportunidade de ver um artista que admira de forma gratuita. É importante para a população, para a cultura brasileira”, afirmou.

 

O vocalista da banda sergipana The Baggios, Júlio Andrade, também reconheceu que o Projeto Verão cumpre o papel de “democratizar o acesso à cultura” e abrir a possibilidade de formação de público para as bandas locais. “Então, nós ficamos muito felizes de poder fazer parte deste projeto, que fez muita falta, e esperamos que esse retorno seja o primeiro de uma série de Projetos Verões que virão pela frente”, declarou.

 

“Melhora a autoestima”

 

Autor da emenda que destinou recursos do Ministério do Turismo para o evento, o deputado federal Fábio Mitidieri se disse muito feliz com o sucesso da festa. “Ver este público aqui me deixa feliz por ter ajudado com a emenda para a festa. Temos uma parceria forte com o prefeito. E a sociedade tem reconhecido o trabalho. A prova está no sucesso da agenda de eventos da cidade. Isso melhora a autoestima da população aracajuana, além de ter impacto no turismo”, avaliou.

Os dois dias de Projeto Verão foram marcados pela organização, segurança e muita alegria. O público, que ultrapassou a marca de 50 mil pessoas no sábado, estava muito satisfeito com a retomada. “Eu acho ótimo a retomada do formato original. Ao investir nesse tipo de evento, Aracaju está fazendo a disseminação da cultura, tanto que muitos outros eventos estão retornando. Minha filha não está aqui hoje, mas amanhã ela vem com certeza, porque é um projeto bem família, que virou tradição. Eu vim em todos,”, afirmou a professora Lírian Pereira.

 

“Esse é um projeto de grande valia, que ao retornar está resgatando a cultura para o povo sergipano. As bandas do evento fazem o gosto para todo povo. Já participei algumas outras vezes e quando soube dessa retomada foi uma alegria imensa. Eu e meu esposo amamos, trazemos amigos e é uma grande alegria”, contou a funcionária pública Tatiane Flores.

 

Arena Criativa

 

Formatada para abrigar atrações dos mais diversos segmentos, a Arena Criativa reuniu expositores, poetas, dançarinos, percussionistas, gamers, acrobatas e artistas dos mais diversos segmentos. Uma das principais intenções ao promover a Arena foi fomentar a economia criativa. Dessa forma, expositores das feirinhas locais Gambiarra, Panapanã, Love Land, De Quebrada e De Cordel apresentaram seu  trabalho. O local recebeu ainda o campeonato nacional de games, a partir de um convite feito para a Federação do Estado de Sergipe de Esporte Eletrônico. O público respondeu positivamente e participou ativamente das atividades nos dois dias do evento.

 

“É algo que mostra não só o espetáculo, mas a inserção dentro de lógicas comerciais de gerar emprego e renda. Então, é através de iniciativas criativas como essa que vai se movimentar as cadeias produtivas relacionadas com esse segmento. Na Arena tivemos oficinas de circo, de dança, de forró, dança de salão, as feirinhas criativas; os coletivos, que hoje produzem cultura em toda Aracaju, sobretudo na periferia, trazendo a renovação das linguagens de maneira autônoma. Na Arena, se pensou a cultura e a festa, mas também a economia e os benefícios gerais”, destacou o presidente da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), Luciano Correia.