YoutubeFacebookTwitterInstagram
união
Por Ascom do Município | 02 de Ago de 2019, 14h48
Edvaldo: unidade do bloco governista foi fundamental para nossas vitórias
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
9df66b8cc04006f2

Em entrevista, o prefeito voltou a declarar que não vê motivo para um rompimento da parte do PT

 

O prefeito Edvaldo Nogueira defendeu, nesta sexta-feira, 2, a manutenção da unidade do bloco governista nas futuras disputas eleitorais. Em entrevista à rádio Nova Brasil FM, o gestor municipal disse que a união dos partidos aliados foi fundamental para a sua vitória em 2016 em Aracaju e para a reeleição do governador Belivaldo Chagas no ano passado.

“O nosso bloco político, que hoje está no Governo de Sergipe e na Prefeitura de Aracaju, é vitorioso. Isso porque é um grupo forte, sólido, que tem unidade de ação. Então acho que vale a máxima do futebol: em time que está ganhando não se mexe. Defendo que nos mantenhamos unidos, que trabalhemos pelo fortalecimento do bloco”, afirmou.

Edvaldo voltou a declarar que não vê motivo para um rompimento da parte do PT. “Não tenho nenhuma justificativa para acreditar que nossa aliança vai se romper. Somos aliados e estamos juntos desde 1989”, frisou ele, relembrando que foi vice-prefeito de Marcelo Déda nas eleições de 2000 e 2004. “Fui leal a Déda e isto se apresentou de maneira muito nítida quando ele renunciou à Prefeitura para disputar o governo do Estado. Ele mesmo disse, à época, que nunca viu tamanha lealdade”.

O prefeito ainda ressaltou que nas duas eleições que disputou como candidato a prefeito teve o PT ao seu lado. “Tive Silvio Santos como vice em 2008 e Eliane Aquino em 2016”, citou. Além disso, afirmou Edvaldo, “o PT ocupa um espaço importante na gestão, através da Funcaju, e, através de um trabalho nosso o PT voltou a ter um vereador na Câmara, Camilo, que está ajudando bastante”. “Não tenho nenhum motivo para acreditar que não estaremos juntos”, pontuou.

Edvaldo também refutou que haja qualquer desentendimento com a vice-governadora Eliane Aquino. “Não existe nenhum problema na minha relação com Eliane. Tenho respeito, admiração e carinho por ela. Sempre que há necessidade, nos encontramos. Não mudou nada do que era nossa relação. O que mudou foi que ela estava ali ao meu lado na Prefeitura e agora ela está como vice-governadora”, esclareceu.