YoutubeFacebookTwitterInstagram
ORLINHA
Por Ascom do Município | 18 de Jan de 2019, 18h57
Edvaldo visita bairro Industrial e ouve demandas da comunidade
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
92c4a220fcb4bc46

Prefeito esteve na Orlinha do bairro e disse que sentará com Belivaldo para buscar solução para região

O prefeito Edvaldo Nogueira esteve, na tarde desta sexta-feira, 18, no bairro Industrial, zona Norte de Aracaju. Acompanhado do vereador Isac Silveira, o gestor municipal dialogou com a população e ouviu demandas relacionadas à pavimentação de ruas, recuperação de praças e revitalização de canais. Ele também esteve na Orlinha do bairro e, diante da situação do local, disse que buscará o governador Belivaldo Chagas para verificar o andamento do projeto de revitalização da área.

“Fizemos uma visita muito proveitosa pelo bairro Industrial. Passamos por algumas ruas, canais, praças e chegamos até a Orlinha do bairro, para verificar a situação de cada área, conversar com os moradores e discutir soluções para os problemas. Feita esta visita, encaminharei as demandas para os órgãos responsáveis, para que encontremos as melhores resoluções”, ponderou o prefeito.

Na rua José Lisboa dos Santos, que ainda não tem asfaltamento, o prefeito informou aos moradores que enviará uma equipe da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) para analisar a área e preparar um projeto. Ele se comprometeu em retornar ao local com o resultado da avaliação da Emurb e para falar da possibilidade de realização da obra.

Já na Orlinha do bairro Industrial, Edvaldo ressaltou a importância do local e lembrou que a Prefeitura realizou recentemente a revitalização do Espaço Chica Chaves, no qual há comercialização de peças artesanais sergipanas. O prefeito disse que se reunirá com o governador para discutirem a reforma da Orlinha.

“Este é um local de lazer e um ponto turístico importante da nossa cidade. O governo estava em processo de elaboração de um projeto para a Orlinha. Temos que encontrar uma solução para esta região”, afirmou.