YoutubeFacebookTwitterInstagram
De olho em 2020
Por FAN F1 | 13 de Fev de 2019, 15h02
"Gilmar Carvalho está preocupado com a eleição dele e não com o povo” afirma Edvaldo Nogueira
Prefeito participou na nesta quarta-feira, 13, do Jornal da Fan
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
B9b8d364215ce8a3

Edvaldo Nogueira afirma que candidatura é uma decisão para ser tomada adiante

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira - PC do B -, participou na manhã desta quarta-feira, 13, do Jornal da Fan, apresentado pelo radialista Narcizo Machado. Ele avaliou seus dois últimos anos de gestão, apontou os projetos que serão adotados nos próximos dois e respondeu a vários questionamentos de ouvintes e do apresentador do programa, entre eles, sobre o deputado estadual Gilmar Carvalho, que já se declarou candidato a prefeito de Aracaju.

“Gilmar Carvalho está preocupado com a eleição dele e não com o povo de Aracaju. Infelizmente em Sergipe um candidato pode fazer uso 24h dos meios de comunicação para se promover politicamente. Ele não oferece nenhum tipo de preocupação a mim. Portanto desejo que ele faça uma boa campanha”, afirmou Edvaldo, que quando questionando se seria candidato, preferiu dizer que esta é uma decisão para ser tomada bem mais adiante.

GESTÃO

Com relação a avaliações negativas de parlamentares que tem circulado na imprensa sobre sua gestão, Edvaldo disse que só se preocupa com a avaliação do povo. “Eu ando por Aracaju, sei o que o povo acha e o que eu tenho feito. Político, avalia de acordo com o que lhe favorece e a depender do lado que esteja”, rebateu.

O prefeito ainda fez questão de destacar algumas ações feitas em seus dois últimos anos de gestão. “Em dezembro de 2016 a cidade estava cheia de lixo, escolas sem aula por atraso no repasse da merenda e sem contrato para manutenção. Tudo isso foi resolvido quando eu assumi. Inaugurei 27 ruas no 17 de março, revoguei o aumento anual do IPTU que permitia aumento anual, dentre várias outras ações”, pontuou.

DIFICULDADES

Edvaldo afirmou que tem administrado a prefeitura da capital como grande parte dos gestores do país nos últimos cinco anos, com muita dificuldade e que diante disso tem se esforçado para efetuar o pagamento dos servidores no último dia de cada mês. No entanto, segundo ele, qualquer medida que leve oneração ao caixa da prefeitura deve ser avaliada com muito cuidado ou até descartada.

Questionado se o funcionalismo público municipal receberia aumento este ano, o prefeito disse que só terá uma definição em abril ou maio. “Preciso ter muito cuidado, porque hoje se eu der 1% de aumento a qualquer que seja a categoria, eu não pago o salário em dia”, afirmou.

SAÚDE

Diante da crise enfrentada na Saúde de Aracaju no mês passado, que resultou na terceirização do Hospital Municipal Nestor Piva, Edvaldo disse que não houve outra saída e que não é interesse dele aplicar outras terceirizações no município, mas que se for necessário para garantir o funcionamento das unidades, ele não exitará em fazer”, finalizou.