YoutubeFacebookTwitterInstagram
Saúde
Por AAN | 26 de Fev de 2020, 09h24
Prefeitura de Aracaju distribui 35 mil camisinhas durante o Rasgadinho
Ação foi desde a prevenção sobre a prática sexual até orientações sobre o coronavírus
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
Bccd0c66bdcb7ca5

Equipe distribui preservativos e dialoga com a população em todos os dias da festa / (Foto: Ascom/SMS)

Com o intuito de reforçar a prevenção durante todo o período carnavalesco, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, está distribuindo preservativos e orientando os foliões durante os cortejos do Rasgadinho, em diversos pontos da festa, com o Previna Móvel.

"Nossa equipe está distribuindo insumos de prevenção em todos os dias da festa. É importante que a população esteja consciente de que o preservativo é a melhor forma de se prevenir contra todas as IST's e, pra reforçar essa informação, disponibilizamos 33 mil camisinhas masculinas, 2 mil camisinhas femininas e 15 mil unidades de gel lubrificante”, informa a coordenadora do Programa IST/Aids, Débora Oliveira.

Mas para quem teve relações sexuais sem preservativos, existe a profilaxia para o HIV que pode ser feita com até 72 horas após o ato, e está disponível nos dois hospitais municipais, Nestor Piva e Fernando Franco. "A pessoa deve comparecer a uma dessas duas unidades para ter o direito de usar esse medicamento. Lembrando que essa não deve ser uma prática recorrente, pois a melhor forma de se prevenir ainda é a camisinha", informa.

Para o estudante Breno Silva, é de grande valia a Prefeitura de Aracaju disponibilizar os preservativos. “Numa festa como essa sempre encontramos as nossas paqueras, mas esquecemos de trazer a camisinha, então é muito válido ter esta oferta”, destacou.

Já Alana Santos, foi para o Rasgadinho com os amigos, e gostou da iniciativa da Prefeitura. “O carro chama a atenção no meio do bloco e faz lembrar da relevância do uso do preservativo para evitar não só as IST’s e a Aids como também de uma gravidez indesejada”, enfatizou.

Coronavírus

As esquipes que distribuíram preservativos durante a festa também fizeram alertas sobre o novo coronavírus, com distribuição de panfletos e orientações sobre que podem auxiliar na quebra da cadeia de transmissão, caso o vírus passe a circular entre os aracajuanos.

“Atenta às diretrizes do Ministério da Saúde sobre o novo coronavírus, a SMS desenvolveu um Plano de Contingência, que inclui diversas ações de prevenção. Uma delas está sendo executada neste carnaval, com a distribuição de materiais informativos impressos [panfletos], com todas as informações básicas que os cidadãos precisam saber”, complementou a coordenadora Débora Oliveira.

Durante este período, essa mesma ação está sendo realizada em outros pontos da cidade onde há grande circulação de pessoas, sobretudo onde transitam turistas com maior intensidade, a exemplos do aeroporto, das rodoviárias e dos hotéis e restaurantes da orla da Atalaia.