YoutubeFacebookTwitterInstagram
INFORMAÇÃO E ORIENTAÇÃO COVID-19
Por PMA | 10 de Ago de 2020, 19h51
Prefeitura de Aracaju garante treinamento e segurança de profissionais que atuam no Projeto TestAju
Campanha de informação e orientação à população sobre a Covid-19
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
C1874c9348b077e7

Projeto TerstAju objetiva a identificação de novos casos de coronavírus na capital

Nesta segunda-feira, 10, a Prefeitura Municipal de Aracaju lançou o Projeto TerstAju, que objetiva  ampliar a testagem e a identificação de novos casos na capital. Para isso, todos os profissionais que fazem parte dessa nova ação receberam treinamento e equipamentos de proteção individual - EPIs - para realizar os procedimentos com segurança.

“Ao todo, disponibilizamos quatro equipes com cinco profissionais e todos eles receberam treinamento e EPIs para fazer a testagem nos pacientes. Os servidores usarão capote, face shield, máscaras e luvas, sempre fazendo a troca quando necessário. Com isso, a Secretaria Municipal da Saúde - SMS - segue todas as orientações preconizadas pela Anvisa e pelos protocolos do Ministério da Saúde”, garantiu a secretária Waneska Barboza.

Um desses profissionais que farão parte do Projeto é o enfermeiro Genival Ferreira. Segundo ele, esse trabalho demonstra preocupação da Prefeitura com os seus munícipes. “Com essa investigação, teremos como consequência um bloqueio mais efetivo da doença em nossa cidade, haja vista o número de pessoas assintomáticas que podem transmitir o vírus sem perceber. Quem está fora da administração não percebe a importância desse trabalho, mas nós que estamos atuando na linha de frente sabemos que essa busca ativa é fundamental”, declarou o profissional.

05c55282b5be798eGenival Ferreira: preocupação da Prefeitura com os seus munícipes

POPULAÇÃO

Uma das primeiras pessoas testadas foi a dona Maria Soledade Santos da Silva. "Eu acho que é uma ação muito boa, porque vai testar também quem não tem sintomas, como eu", disse.

Já o José Ednaldo Rozendo elogiou a atuação das equipes durante a realização dos testes. "Foi perfeito! Essa é uma excelente forma de tentar descobrir se estou com o vírus. Que esse trabalho de hoje seja levado para os outros bairros, e que a população participe. Temos medo, mas é um exame rápido. Agora é só aguardar o resultado", opinou.

Maria José Bispo Nascimento destacou que a atuação da Prefeitura nessa frente é essencial, principalmente para garantir a testagem em quem não tem condições de pagar por um exame particular. "Achei importante para a população, pois muita gente não tem condições de pagar para fazer um exame particular. A Prefeitura ajuda as pessoas a saber se está com a covid ou não e, além de nos deixar muito bem atendidos, nos tranquiliza para seguir a vidauito bem atendida", acrescentou.

D7a42b8ac473ec38José Ednaldo Rozendo defende a participação da população

TESTAJU

O Projeto conta com quatro equipes e a atuação de 20 profissionais. Por três dias na semana, eles percorrerão os bairros da cidade, realizando testes do tipo RT-PCR na população. As pessoas serão selecionadas de maneira aleatória, sendo uma por residência, e a escolha das casas seguirá os mesmos critérios sanitários e de organização dos fluxos de trabalho estabelecidos nos mutirões semanais de combate à Dengue. As pessoas que testarem positivo serão orientadas sobre o isolamento social e todos aqueles que residirem com elas também serão testados.

Para quem mora em condomínio, a Prefeitura destaca que a seleção ocorre de mesma forma: o agente solicitará o chamamento de moradores na portaria. 

As testagens se iniciam nesta segunda, pelos bairros Farolândia, 17 de Março, Capucho e Santos Dumont. Na quarta-feira será a vez dos bairros Jabotiana, Novo Paraíso, 18 do Forte e Cirurgia. Já na sexta-feira, as equipes estarão nos bairros São Conrado, Olaria, Novo Paraíso e Bugio. Após duas semanas, as equipes retornam a estes bairros para realizar novas coletas, com a finalidade de avaliar e monitorar a transmissão local. A expectativa é que, em dois meses, toda a capital seja coberta pelo programa.

Fotos: Sergio Silva