YoutubeFacebookTwitterInstagram
Saúde Mental
Por AAN | 03 de Abr de 2020, 18h45
Prefeitura de Aracaju lança Serviço de Apoio Psicológico Remoto para o período de quarentena
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
A6a539c4765ff151

As ligações para o número (79) 3304-3599 serão repassadas via aplicativo para psicólogos que compõem a Rede de Atenção Psicossocial

Com o objetivo de ampliar as possibilidades de escuta qualificada e cuidar da saúde mental dos aracajuanos durante a pandemia de coronavírus (covid-19), e a consequente necessidade de quarentena, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), lançará nesta segunda-feira, dia 6, o Serviço de Apoio Psicológico Remoto, via número de telefone 3304-3599.

As ligações serão repassadas via aplicativo para os psicólogos que compõem a Rede de Atenção Psicossocial (REAP). Serão disponibilizados, no total, 34 profissionais, sendo 17 no turno da manhã (das 08h às 14h) e 17 no turno da tarde (das 14h às 20h).

A intenção é lidar com os efeitos que o período de quarentena podem causar na mente das pessoas, os fatores estressores associados à pandemia e às reações advindas destes: ansiedade, medo, pânico, preocupação intensa com a sua saúde e de familiares que podem ter sido expostos à covid-19; mudanças no padrão do sono e alimentação; aumento do uso de álcool, tabaco e outras drogas, dentre outros.

O cuidado com as implicações emocionais durante esse período de quarentena é imprescindível para a manutenção do bem estar. “A Psicologia tem papel importante no trabalho de educação em saúde, para prevenção e, ainda, para ações psicoeducativas relacionadas às mudanças comportamentais e às questões relacionais e comunitárias, especialmente na Atenção Básica do Sistema Único de Saúde (SUS). Há um importante papel da Psicologia também no acolhimento ao contexto geral de ansiedade e preocupação da população e ressaltando a importância das fontes oficiais e especializadas”, ressalta a coordenadora do Reap, Chenya Coutinho.

Embora o serviço esteja sendo disponibilizado para a população em geral, está entre os objetivos da adoção da plataforma auxiliar os trabalhadores dos serviços de saúde, públicos e privados, que tenham vivenciado ou estejam vivenciando situações geradoras de estresse e ansiedade por conta do enfrentamento à pandemia.

Na prática, a gestão municipal busca prover a todos, em especial aos afetados mais diretamente, tudo que é necessário para ultrapassar esse momento difícil com a maior tranquilidade possível.