YoutubeFacebookTwitterInstagram
INFORMAÇÃO E ORIENTAÇÃO COVID-19
Por PMA | 28 de Jul de 2020, 16h24
Prefeitura de Aracaju recebe dez ventiladores mecânicos e abre ala laranja do HCamp
Campanha de informação e orientação à população sobre a Covid-19
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
D7dfabbb399103f7

Equipamentos permitirão a abertura da ala laranja do HCamp, com 26 leitos 

Por meio da Secretaria Municipal da Saúde - SMS -, a Prefeitura de Aracaju recebeu dez ventiladores mecânicos doados pelo Governo de Sergipe. Os equipamentos permitirão a abertura da ala laranja do Hospital de Campanha -  HCamp - Cleovansóstenes Pereira Aguiar, com 26 leitos.

Responsável pela recuperação de centenas de aracajuanos infectados pelo novo coronavírus, o HCamp foi estruturado em seis alas especializadas, de modo a separar os pacientes de acordo com o quadro médico de cada usuário e a assegurar o devido atendimento. As alas são classificadas em cores Amarela, Azul, Laranja, Rosa, Verde e Vermelha. Nelas, são internados os pacientes de baixa e de média complexidades.

“A ala laranja ainda não tinha ventiladores mecânicos vinculados a ela. O quantitativo de pacientes que depende de ventilação mecânica no HCamp não supera a necessidade de ventiladores. Hoje, temos ventiladores mecânicos para todos que estão internados no Hospital”, explica o diretor Técnico do HCamp, Flávio Arcângelis.

Ele detalha, ainda, que caso aconteça piora do quadro clínico, os pacientes são enviados à ala Laranja para estabilização. Essa ala não é apropriada para internamento de longos períodos, porém está equipada para conduzir adequadamente os pacientes até que se consiga um leito de UTI.

“Nesta ala existem ventiladores mecânicos, monitores cardíacos, possibilidade de tratamentos invasivos com drogas especializadas e todos os recursos necessários a uma situação de instabilidade transitória do paciente. Na ala vermelha, o paciente que não melhora aguarda um leito de UTI”, enfatiza.

C76a009b3ce4a688Diretor Técnico do HCamp, Flávio Arcângelis: estruturar o atendimento da rede de Saúde da capital no enfrentamento à Covid-19

ESTRUTURA

O HCamp foi estruturado com o objetivo de ampliar a capacidade de atendimento da rede de Saúde da capital no enfrentamento da Covid-19. A unidade tem porte para 152 leitos, dos quais 60 estão ativos, com perspectiva de ampliação à medida que mais profissionais forem contratados, garantindo, assim, que os demais equipamentos de saúde já existentes na capital não se sobrecarreguem.

Conforme boletim desta segunda-feira, 27, 358 pacientes já passaram pelo HCamp desde que o hospital provisório entrou em funcionamento, em 21 de maio. Desses, 257 receberam alta.

CONTRATAÇÃO DE MÉDICOS PESSOA FÍSICA E JURÍDIC

Ainda de acordo com Flávio, boa parte da carga horária dos médicos ainda precisa ser preenchida, visto que a adesão ainda não foi completa. O vínculo de trabalho pode ser feito através de duas modalidades. “Uma delas é a de Pessoa Jurídica (PJ), em que o médico pode ter uma carga horária através da sua empresa médica prestadora de serviço de até 36h por semana, que podem ser distribuídas em regimes de plantão 12h, 24h ou 36h”, explica.

Há também a possibilidade de contratação por Pessoa Física - PF -, por meio de um contrato emergencial aprovado nesse contexto de pandemia, que também pode ser de até 36h. “O mesmo médico pode ter até dois contratos, sendo um PJ, de até 36h, e uma Pessoa Física também de até 36h. Ou o médico pode também ter dois contratos de até 36h apenas enquanto Pessoa Física”, ressalta.

INSCRIÇÃO DE CHAMAMENTO PÚBLICO  

Publicado no site oficial da Prefeitura, o Edital Nº 08 regulamenta a contratação de profissionais que já possuam experiência em Unidades de Terapia Intensiva - UTI - de, no mínimo, um ano, mediante documento oficial do estabelecimento declarante, e residência concluída em cirurgia geral; anestesiologia; clínica médica; infectologia ou medicina intensiva.

É importante reforçar que somente serão aceitos os diplomas e certificados expedidos e concluídos até a data da inscrição, além de estar com registro regular no Conselho Regional de Medicina. A contratação é imediata e os profissionais interessados devem efetuar a solicitação de inscrição presencialmente, por meio do protocolo na sede da SMS, localizada na rua Nely Correia de Andrade, 50, bairro Coroa do Meio.