YoutubeFacebookTwitterInstagram
Sustentabilidade
Por Ascom | 02 de Out de 2018, 16h48
Redação final do Projeto de Lei da Horta Escolar é aprovada pela Câmara de Vereadores
Iniciativa do vereador Lucas Aribé, PL segua para sanção do prefeito
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
4ab6b7e67b00d759

Lucas Aribé: "Projeto deverá servir como para o desenvolvimento do trabalho pedagógico"

O Projeto de Lei nº 150/2018, que dispõe sobre a criação do programa "Horta Escolar" nas instituições de ensino do município de Aracaju, foi aprovado na manhã dessa terça-feira, 2, durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores, em redação final e aguarda agora a sanção do prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). O objetivo é implantar canteiros de hortaliças e legumes em espaços ociosos das escolas, com a utilização de material reciclável e sem uso de agrotóxico.

"O programa deverá servir como ferramenta para o desenvolvimento do trabalho pedagógico disciplinar, de acordo com as metas e estratégias estabelecidas no Plano Municipal de Educação e as hortas devem ser cultivadas pela escola com a participação dos alunos, sob orientação dos professores e supervisão da direção. As atividades pedagógicas podem contar com a colaboração de voluntários da comunidade escolar e também pode ser expandido para áreas públicas definidas pelo Poder Executivo", afirma Lucas.

Aribé continua comentando que o projeto é de uma grandeza extraordinária e que as escolas públicas poderão utilizar alguns espaços   vagos para a criação da Horta Escolar. "Os produtos oferecidos pela Horta Escolar, naturais e sem agrotóxico, vão servir de base da alimentação dos alunos, além promover a educação e a preservação ambiental", destaca o parlamentar.