YoutubeFacebookTwitterInstagram
PROJETO DE EMÍLIA CORREA
Por Assessoria do Mandato | 05 de Out de 2017, 10h12
Thiaguinho é contra meia-entrada para radialistas e jornalistas
"Não podemos beneficiar uma categoria e prejudicar outras", diz
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
Ecc5fd177c5db35b

Vereador Thiaguinho

O vice-líder do governo na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), vereador Thiaguinho Batalha (PMB), usou a Tribuna na manhã desta quarta-feira, 4, para explicar os motivos que lhe estimulam a votar contra o Projeto de Lei 12/2017, de autoria da vereadora Emília Corrêa (PEN), que assegura o benefício de meia-entrada para jornalistas, radialistas e publicitários.

"Se nós autorizarmos a meia entrada para os radialistas e jornalistas, por dever de igualdade nós teríamos também que abrir para outras categorias. Não podemos aprovar um projeto que vai beneficiar apenas uma parcela de trabalhadores e prejudicar outras. É preciso ter muita cautela. E a receita dos produtores de eventos, como ficará?", indagou Thiaguinho.

O parlamentar pediu aos demais vereadores que utilizem o bom senso. Ele lembrou que o país vive uma crise econômica e autorizar meia entrada para uma categoria poderá prejudicar o acesso à cultura. "O projeto não fala em contrapartida ou benefícios do governo. Então nós temos que ter cuidado para não prejudicar o fomento à cultura, é preciso olhar os dois lados, porque se é concedida uma meia entrada, naturalmente o valor do ingresso será aumentado e quem vai pagar será a população", lembrou.

Thiaguinho rechaçou as especulações de que a bancada da situação estaria atendendo um pedido do prefeito Edvaldo Nogueira. "Eu desafio que qualquer um que prove que eu tratei com o prefeito sobre este projeto, até porque ontem ele estava de luto pelo falecimento da sua mãe, e eu jamais iria incomodá-lo para tratar deste assunto", comentou.