YoutubeFacebookTwitterInstagram
TENSÃO
Por A8 | 14 de Mar de 2018, 08h31
Assista: Cabo Amintas diz que CPI do lixo tem raposa tomando conta de ovelha
Vereador diz que líder do prefeito Edvaldo Nogueira, Antonio Bittencourt, participou de negociatas e não pode ser membro de nenhuma CPI
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
227fb7aa3ec2b335

Cabo Amintas: na bronca com as CPIs da CMA

Polêmica a sessão realizada na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), em que foram anunciados os nomes que irão compor as Comissões Parlamentares de Inquéritos (CPIs) do Lixo e da Saúde, 

“Hoje, 18 parlamentares compõem a bancada de situação e apenas 4 estão na oposição. É inevitável que a representação não seja baixa, mas isso não irá atrapalhar as investigações. Eu estou muito tranquilo quanto a isso”, afirmou, Josenito Vitale, o Nitinho, presidente da CMA. 

O vereador da oposição, Elber Batalha (PSB), disse que a atitude de Nitinho foi ditatorial e que a predominância de parlamentares da situação vai sim atrapalhar as investigações. ” A desproporção de colocar 4 vereadores contra 1 a favor para investigar o Lixo, é ferir de morte a CPI. Nenhum requerimento ou protocolo será deferido dessa forma, isso é desafiar a inteligência da sociedade, sobretudo porque esses vereadores são as pessoas que votaram para anular a CPI do Lixo”, destacou.

São cinco vereadores titulares e cinco suplentes, que terão a missão de realizar os trabalhos de investigação, sobre supostas irregularidades em contratos de limpeza e coleta de lixo, na CPI do Lixo e supostas irregularidades no contrato de prestação de serviços de saúde, entre a Prefeitura de Aracaju e o Hospital Cirurgia, na CPI da Saúde.

A atitude  mais agressiva ficou por conta do vereador Cabo Amintas (PTB), que disparou acusações contra o vereador Antonio Bittencourt (PcdoB), que lidera a bancada do prefeito Edvaldo Nogueira. "Como é que você coloca o líder do prefeito, que está envolvido nas escutas, que intermediou negociatas, na comissão?", questionou o lider da oposição. "É colocar raposa para tomar conta de ovelha", reclamou Amintas. 

Veja matéria do Jornal do Estado da TV Atalaia. 

Assista ao vídeo:

Sddefault