YoutubeFacebookTwitterInstagram
Eleições 2018
Por | 31 de Ago de 2018, 10h47
Belivaldo Chagas: "Não sou de fazer promessas que não são possíveis de ser cumpridas"
Candidato fala sobre gestão pública e propostas do Programa de Governo
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
74124d0206fe3cba

Belivaldo reafirma que não promete aos eleitores o que sabe não ter condições de cumprir

Na condição de candidato à reeleição, o governador do Estado, Belivaldo Chagas, participou nessa quinta-feira, 30, de uma entrevista no Portal Infonet, transmitida ao vivo pela internet, em que tratou de gestão pública e propostas do Programa de Governo Pra Sergipe Avançar.
 
“Meu jeito de governar é diferente, transparente, não sou de fazer promessas que não são possíveis de ser cumpridas. Tenho responsabilidade. Nos concursos abertos deveremos convocar mais aprovados, até pela necessidade de pessoal do Estado hoje, mas sempre respeitando as contas públicas e os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal”, garante o governador Belivaldo Chagas.
 
De acordo com Belivaldo, sua gestão à frente da máquina pública estadual já está agindo para sanear as finanças públicas, sem a necessidade de aumentar alíquotas de impostos ou criar novas taxas, “mas cobrando dos grandes sonegadores e enxugando a máquina pública com responsabilidade”, enfatizou.
“Sergipe hoje está se recuperando da crise no Governo Federal numa posição estratégica de infraestrutura. A atração do investimento que estamos recebendo com a implantação da usina termoelétrica é um marco histórico para o Estado”, disse Belivaldo, ao responder perguntas enviadas por internautas do programa.
 
Segundo Belivaldo, há candidatos a governador, distantes da realidade da administração pública e, por total desconhecimento da realidade financeira atual, têm feito discursos fantasiosos para a população, prometendo resolver os problemas do Estado com fórmulas prontas ou mesmo passe de mágica.
“Com Belivaldo governador quem manda sou eu, não um pai ou um irmão. Tenho um estilo próprio de governar e em 4 meses que estou governador já avançamos muito, principalmente nas áreas que coloquei como prioridade - Saúde, Segurança Pública e pagamento aos servidores”, pontuou o governador.
 
Durante pouco mais de 40 minutos, o candidato à reeleição abordou ainda diversos outros aspectos que envolvem a gestão pública e vida da população e relacionou as ações que tem empreendido e com as que propõe executar para alavancar o desenvolvimento do Estado e contrapor Sergipe à crise nacional para gerar emprego e renda e melhorar a qualidade das políticas públicas ofertadas.