YoutubeFacebookTwitterInstagram
EQUIPE
Por Ascom PSDB | 31 de Ago de 2018, 16h24
Eduardo Amorim escolherá técnicos para administrar as secretarias
O candidato disse que vai reduzir o número de secretarias em seu governo e que não abre mão de que critério para escolha seja técnico
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
A65bb50c18fe1dc5

Eduardo destacou a nomeação de apadrinhados políticos para a secretaria de Turismo

Nesta sexta-feira, 31, o candidato a governador de Sergipe, Eduardo Amorim (PSDB), esteve na rádio Jovem Pan FM para entrevista no "Jornal da Manhã", apresentado pelos jornalistas Rosalvo Nogueira e Paulo Sousa. Eduardo Pontuou as principais propostas para a Saúde, Educação, Turismo e Segurança Pública.

Eduardo destacou a nomeação de apadrinhados políticos para a secretaria de Turismo. “Uma área tão importante, que gera emprego e renda, virou balcão de negócios para acordos políticos. O Turismo é uma indústria sem chaminé e precisa de técnicos para proporcionar seu desenvolvimento. Sergipe tem, por exemplo, a 'Rota da Farinha' entre os municípios de Campo do Brito, Macambira e São Domingos. Podemos criar um projeto de exploração desse lugar que agrega cultura, gastronomia e ecoturismo”, ressaltou.

O candidato disse que vai reduzir o número de secretarias em seu governo e que o critério para escolha dos secretários será técnico. “Disso não abro mão. As secretarias serão administradas por pessoas que tenham conhecimento e competência na área de atuação, ou seja, serão técnicos. Não vamos fazer política com nomeações em cargos”, salientou Eduardo.