YoutubeFacebookTwitterInstagram
ELEIÇÕES 2018
Por Ascom da Campanha | 17 de Out de 2018, 12h24
Valadares Filho garante gestão transparente e concurso para jornalistas
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
Caf247dc7113cb4e

Nesta quarta, ele participou do “Diálogo com Jornalistas” e ouviu os principais pleitos da categoria.

Na manhã desta quarta-feira (17) o candidato a governador de Sergipe, Valadares Filho (PSB), participou do “Diálogo com Jornalistas”, evento promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe, e ouviu os principais pleitos da categoria.

 

Os jornalistas cobraram do candidato uma posição sobre a Fundação Aperipê que não recebe a atenção necessária do governo do Estado. “Infelizmente a Aperipê não recebe a atenção necessária do governador, isso dificulta o trabalho dos nossos profissionais e impede que ela preste um bom serviço à sociedade. Faltam investimentos na infraestrutura, modernização dos equipamentos e valorização do quadro de funcionários”, destacou o candidato.

 

“Já na fase de transição iremos discutir todas as questões ligadas à Fundação Aperipê e estudar a viabilidade para a realização de concurso público. Eu cuidarei da fundação em parceria com as entidades ligadas a cultura e vamos trabalhar juntos para resgatar a programação da TV e rádio dos sergipanos”, afirmou Valadares Filho.

 

Outro questionamento foi em relação à distribuição de recursos financeiros para divulgação e publicidade que a atual administração não faz de forma transparente, dando a entender que existem benefícios e privilégios entre os meios de comunicação. Valadares Filho disse que “o problema da transparência no Estado não é somente relacionada ao dinheiro gasto com publicidade, e sim ao governo inteiro. Sergipe é um dos piores estados na transparência dos gastos públicos. No nosso governo vamos mudar isso, faremos uma auditoria rígida em todos os contratos e daremos mais transparência à gestão”, garantiu.

 

 

Na oportunidade, Valadares Filho assinou ainda uma carta compromisso elaborada pela categoria cobrando a realização de concurso público para jornalistas e a criação de uma comissão formada por profissionais da área da Comunicação (Jornalistas, Publicitários, Relações Públicas e Radialistas) para estudar a viabilidade do Conselho Estadual de Comunicação, que terá a finalidade de analisar e sugerir matérias relacionadas à Comunicação.