YoutubeFacebookTwitterInstagram
Saúde pública
Por Ascom | 11 de Jul de 2018, 17h45
90% da demanda do Huse deveria ir para as unidades básicas dos municípios
No primeiro semente, foram registrados 83.682 atendimentos pelo SUS
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
E6488c71d187dffe

73.977 usuários no Huse receberam alta por serem casos de baixa complexidade

No primeiro semestre deste ano (janeiro a junho de 2018), o Pronto Socorro do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) registrou 83.682 atendimentos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Desse total, 73.977 usuários receberam alta médica por serem casos de baixa complexidade, ou seja atendimentos de responsabilidade  dos municípios, o que representa 90% dos casos; apenas 10% necessitaram de internação para observação e exames. 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) tem investido em toda Rede Hospitalar Estadual, inclusive nos hospitais regionais, na tentativa de desafogar o serviço do Huse. 

Mesmo com as ações e esforços produzidos, ainda existe dificuldade do usuário se conscientizar de que os casos menos complexos poderiam ser resolvidos nas unidades de saúde dos municípios.