YoutubeFacebookTwitterInstagram
SUBVENÇÃO
Por A8 | 13 de Mar de 2018, 13h58
Assista: procuradora diz que nove deputados sergipanos estão inelegíveis
São dois deputados federais e sete estaduais condenados em segunda instância e que apresentaram recurso ao TSE
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
8bc433d83616fdbc

Eunice Dantas: todos inelegíveis

Os parlamentares foram condenados pelo Tribunal Regional Eleitoral em Sergipe (TRE/SE) no chamado “Caso das Subvenções da Assembleia Legislativa de Sergipe” – que flagrou irregularidades no repasse e na aplicação de verbas de subvenção social no ano de 2014. Os valores eram destinados pelos deputados estaduais a entidades filantrópicas para beneficiar as próprias candidaturas. São eles: Augusto Bezerra, Jeferson Andrade, Zezinho Guimarães,  Venâncio Fonseca, Samuel Barreto,  Gustinho Ribeiro e Paulo Hagenbeck Filho, deputados estaduais reeleitos. A estes, se acrescentam João Daniel e Adelson Barreto, agora no exercicio de mandatos de deputado federal. 

Ouvida pelo Balanço Geral Manhã da TV Atalalaia, a proucudora Eunice Dantas, do Ministério Publico Federal, assegura que eles já estão inelegiveis. "Estes deputados já estão inelegiveis. Então, se o julgamento deles não for concluído até o periodo de registro de candidatura, e eles  pedirem registro, o Ministério Público Eleitoral vai pedir a impugnação delas", assegura a procuradora. 

 O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retirou da pauta o julgamento os processos seriam apreciados hoje, em razão da ausência do relator na sessão. A Procuradoria Geral Eleitoral informou o adiamento, sem previsão de uma nova data. 

Veja matéria sobre o tema no Balanço Geral Manhã da TV Atalaia. 

Assista ao vídeo:

Sddefault