YoutubeFacebookTwitterInstagram
ALTO
Por A8 e Xodó e Xodó News | 19 de Fev de 2018, 18h54
Assista: "Vereadores de Socorro gastam quase R$ 210 mil em diárias", diz o Mova-SE
Movimento denuncia caso ao MPE
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
6ac8ae83fd816729

Willian Pinheiro: estranheza nos gastos do vereadores

Desconfiados dos gastos com diárias realizadas pelos 21 vereadores de Nossa Senhora do Socorro, na Grande Aracaju, representantes do movimento social, MOVA-SE, acionaram o Ministério Público Estadual e entraram com uma representação pedindo que todo o tramite (tanto os valores, bem como destinos, locais, datas e horários) para o uso das diárias fossem analisados mediante documentos obtidos.

Nessa documentação, é possível destacar a quantidade de valores que foram gastos de janeiro de 2017 até agosto do mesmo ano. “Nos causou estranheza, pois os valores não condiziam com a realidade. Para se ter uma ideia, os valores chegam a quase a 210 mil reais”, explica Willian Pinheiro, um dos representantes do movimento.

Ainda de acordo com Willian, esse valor de 210 mil reais pode ser ultrapassado. Segundo ele, os outros meses seguintes não constam nas planilhas. “Nós acreditamos que forma gastos muito mais que 201 mil, pois os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro não foram disponibilizados”, destaca o representante.

Outro detalhe observado pelos integrantes foi que os documentos mostravam contradições nas datas das realizações dos eventos. “Ao analisar toda a documentação, percebemos que as datas dos eventos não se encaixavam com a mesma data das viagens realizadas pelos vereadores. Ou seja, os parlamentares viajam para determinados encontros, curso, seminário ou congresso, em uma certa data, sendo que os mesmos encontros, curso, seminário ou congresso era realizado em outro momento”, explica Willian Pinheiro.

Os representantes do MOVA-SE ainda destacam na representação ao MPE, a ausência dos vereadores nos únicos dias em que as sessões são realizadas. “Ao confrontarmos os dados, percebemos também que os parlamentares não estavam presentes nas sessões, pois estavam em viagem devido aos supostos eventos correspondentes as diárias”, relata Willian.

Por fim, o MOVA-SE ficou cético ao observar que as diárias eram referentes, na sua grande maioria, à uma cidade. “Os documentos mostram que a cidade de Maceió, em Alagoas, é praticamente o único destino dos vereadores nos eventos gastos com as diárias”, desconfia Willian

Embora tenha sido procurada, a presidente da câmara de vereadores do município, não se pronunciou sobre o assunto.

Com Informações de Xodó News e a Hora do Papito 

Willian Pinheiro também falou ao Balanço Geral Sergipe da TV Atalaia

Assista ao vídeo: 

Sddefault