YoutubeFacebookTwitterInstagram
DE VOLTA À SITUAÇÃO
Por Fan F1 | 11 de Jan de 2019, 13h47
Em rádio, Heleno diz que tentou reunificar oposição
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
F77e5b7bb79cdb2c

Durante entrevista, Heleno informou que apoiará Belivaldo Chagas em qualquer circunstância

O envolvimento no clima natalino foi a justificativa dada por Heleno Silva, PRB, para tentar a reunificação da oposição, grupo que ele voltou a fazer várias críticas, na manhã desta sexta-feira, 11, em entrevista ao radialista Narcizo Machado, durante o Jornal da Fan.

O deputado federal André Moura, PSC, em entrevista ao Jornal da Fan na segunda-feira, 7, disse que recebeu mensagens de Heleno Silva propondo uma reunificação do grupo, que saiu rachado do pleito em 2018. Heleno disse que as mensagens foram em clima natalino e garantiu apoio irrestrito ao governador do estado Belivaldo Chagas. “Não participo de reunião onde não há unidade, onde o egocentrismo quer prevalecer”, afirmou alfinetando a oposição.

Todo o racha gerado no grupo foi justificado pela falta de companheirismo. Heleno, aliado da situação, desde 2003, deixou o Governo em 2018 para buscar na oposição espaço para sua candidatura ao Senado, que não saiu vitoriosa. Segundo ele, porque o grupo não o “abraçou”.

Agora ele volta ao Governo e recebe muitas críticas por isso, mas ele diz que esta é uma posição nobre. “A bíblia diz que benditos são os que se arrependem. Vimos que não estávamos certo e agora estamos apoiando Belivaldo. Se ele perceber que o PRB tem como contribuir em seu governo ele está muito à vontade para ceder qualquer espaço, porque em nenhum momento fizemos qualquer negociação para ocupação de cargos para que aqui estivéssemos”, pontuou.

Questionado se esta fala seria um recado para o governador, Heleno negou.

CANINDÉ

Ex-prefeito de Canindé de São Francisco (SE), Heleno voltou a dizer que enfrentou uma grave crise em sua gestão no município e isso trouxe máculas por muito tempo à sua vida política, mas segundo ele o povo entendeu que ele estava de mão atadas. “Canindé tem uma folha de pagamento superior a R$ 5 milhões de reais e isso é uma dificuldade imensa para qualquer gestor que tem uma receita modesta em uma cidade do interior. Em 2018 povo Compreendeu a minha situação e eu fui o senador mais bem votado em Canindé”, afirmou.

2020

Sobre uma nova disputa à prefeitura de Canindé, Heleno disse que ainda não há nada formatado e que poderá apoiar no município um nome ligado do governador Belivaldo Chagas, disse ainda que em Itaporanga D´ajuda, seu aliado é o candidato Francinaldo e que agora é tempo de fortalecer o partido e suas lideranças espalhadas pelo estado para que  o projeto do PRB seja vitorioso em 2020.