YoutubeFacebookTwitterInstagram
RETA FINAL
Por Ascom | 28 de Fev de 2018, 14h03
“Essa obra marca nosso governo”, diz Jackson sobre Unidade Socioeducativa
Unidade Socioeducativa de Internação Masculina construída pelo governo do Estado será referência na América Latina
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
1bd9a7631d30ad81

Jackson: obra é uma referência

Nesta quarta-feira (28), o governador Jackson Barreto visitou as obras da unidade de Atendimento Socioeducativo, construída pelo governo do Estado no município de Nossa Senhora do Socorro. Ao lado do secretário de Estado da Inclusão, José Sobral, e do presidente da Fundação Renascer, Wellington Mangueira, e do vice-prefeito de Socorro, Betinho, o governador percorreu todo o espaço e verificou o andamento dos serviços.  
   
Jackson explicou que a nova unidade será um modelo para o país e para a América Latina. "Essa é uma obra que marca qualquer governo e tenho consciência plena que estamos fazendo o melhor pelo nosso estado. Essa moderna unidade servirá como referência nacional não apenas pelo projeto e estrutura física, mas pelas práticas educacionais no processo de ressocialização que serão aplicadas aqui, com os jovens participando de esportes e oficinas de capacitação. Você recupera educando e preparando para a vida, dando a oportunidade para que possam sair daqui ressocializados e para que a sociedade possa recebê-los", declarou, afirmando que a obra faz parte do compromisso social do seu governo. 

"Assim, cuidamos das pessoas e damos oportunidade para que esses jovens que se desviaram do natural convívio em sociedade possam ser ressocialização. Estamos fazendo a nossa parte. Se os governos anteriores tivessem construído outras unidades deste porte nesses últimos anos, não teríamos hoje unidades abarrotadas de jovens sem condições de retomarem o convívio em sociedade. Essa obra marca o nosso governo", afirmou.    
                                                                                                                                        
Localizada no Marcos Freire I, a unidade ocupa uma área total de 21.000 m², dos quais 7.000 m² serão de área construída. De acordo com o presidente da Cehop, Caetano Quaranta, a previsão de conclusão é para junho deste ano. "A obra já está com 80% dos serviços executados. Temos uma previsão de conclusão para mais quatro messes, ou seja, até o mês de junho. Estamos na parte de acabamento, finalização de pintura, piso, urbanização e cobertura da quadra de esportes".  

Com um investimento de R$ 15.936.303,57, o projeto foi elaborado pelo governo de Sergipe, através da Fundação Renascer e da Secretaria de Estado da Infraestrutura e do Desenvolvimento Urbano (Seinfra) em parceria com a Companhia Estadual de Obras Públicas (Cehop), cumprindo as resoluções do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), e do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo e respeitando as determinações do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). 

O presidente da Fundação Renascer, Wellington Mangueira, destacou o valor social da obra. “Essa é uma obra de profundo valor social, porque temos como obrigação primeira aceitar, acolher esses jovens que se tornaram infratores da lei. E aqui, educá-los, para que eles possam melhor cumprir seu papel na sociedade. Nós temos a grandeza de ter o governador Jackson Barreto, que é um homem voltado para os direitos humanos, respeita as diferenças e sabe que é possível o ser humano se recuperar de possíveis tropeços. Graças a isso, nós construímos um lastro de profissionais altamente capacitados, e apesar de todas as dificuldades, de todas as questões que envolvem essa crise econômico-financeira, ainda assim vamos construir uma obra que será exemplo para a América Latina".  

Mangueira ressaltou ainda que, nos últimos anos, a taxa de reincidência dos jovens em medida socioeducativa tem sido baixa. "Temos uma equipe de psicólogos, assistentes sociais, sócio educadores que tem feito um trabalho tão belo que a taxa de reincidência é muito baixa, está abaixo de 7%. Um número impressionante para o Brasil”,argumentou.

39eb9b1edd0f0e09

Estrutura

A unidade terá capacidade para acolher 84 adolescentes em conflito com a Lei (12 adolescentes em residências com quartos individuais e 72 adolescentes nas residências com quartos duplos). O espaço contará com salas de aula e oficina, auditório, centro ecumênico, quadra poliesportiva e anexos, 08 alas e refeitórios climatizados.  

Segundo o secretário José sobral, este é o mais importante projeto de ressocialização realizado pelo Estado em todos os tempos. "É uma unidade que tem capacidade de acomodar 84 internos já com decisão judicial intransitada e que oferece, além da segurança, oportunidades de ressocialização com oficinas de capacitação e qualificação, ensino curricular regular já em andamento. Aqui também será implementado áreas de esporte e de lazer, cultura, anfiteatro, enfim, é a melhor unidade da América Latina, um modelo. A gente espera que as medidas que hoje acontecem e que estão em andamento nos últimos dois anos do governo, sem rebeliões, sem fugas, possam ser melhor implementadas. A socioeducação é algo que precisa ser exigido pela sociedade para evitarmos reincidência e as situações de caos que muitas vezes presenciamos", colocou.                      

O espaço projetado buscou a criação de ambientes seguros para permitir o cumprimento da medida de forma tranquila, com proteção tanto para o adolescente, quanto para os funcionários e para a comunidade do entorno. O secretário da Seidh informou que assim que a unidade for inaugurada, as demais também receberão melhorias. " Já existe contrato e a Secretaria de Inclusão já tem empresas de manutenção contratadas que podem fazer esse serviço por lá".
A nova unidade vai desafogar o Cenam, que hoje abriga 182 adolescentes.

O vice-prefeito de Socorro, Betinho, afirmou ter ficado surpreso com a estrutura da obra. "Fiquei muito feliz e impressionado em ver uma unidade socioeducativa tão grande. Realmente é uma referência para o estado e para o Brasil. Um espaço com área de convivência, de saúde, ginásio, anfiteatro, toda uma estrutura de um verdadeiro centro de recuperação. Fico muito feliz porque tenho certeza que esses jovens sairão daqui melhor do que quando entraram", disse o vice-prefeito de Socorro, Betinho.

901c4c89f366eb4f

Estrutura
A unidade terá capacidade para acolher 84 adolescentes em conflito com a Lei (12 adolescentes em residências com quartos individuais e 72 adolescentes nas residências com quartos duplos). O espaço contará com salas de aula e oficina, auditório, centro ecumênico, quadra poliesportiva e anexos, 08 alas e refeitórios climatizados.  

Segundo o secretário José sobral, este é o mais importante projeto de ressocialização realizado pelo Estado em todos os tempos. "É uma unidade que tem capacidade de acomodar 84 internos já com decisão judicial intransitada e que oferece, além da segurança, oportunidades de ressocialização com oficinas de capacitação e qualificação, ensino curricular regular já em andamento. Aqui também será implementado áreas de esporte e de lazer, cultura, anfiteatro, enfim, é a melhor unidade da América Latina, um modelo. A gente espera que as medidas que hoje acontecem e que estão em andamento nos últimos dois anos do governo, sem rebeliões, sem fugas, possam ser melhor implementadas. A socioeducação é algo que precisa ser exigido pela sociedade para evitarmos reincidência e as situações de caos que muitas vezes presenciamos", colocou.                      

O espaço projetado buscou a criação de ambientes seguros para permitir o cumprimento da medida de forma tranquila, com proteção tanto para o adolescente, quanto para os funcionários e para a comunidade do entorno. O secretário da Seidh informou que assim que a unidade for inaugurada, as demais também receberão melhorias. " Já existe contrato e a Secretaria de Inclusão já tem empresas de manutenção contratadas que podem fazer esse serviço por lá".
A nova unidade vai desafogar o Cenam, que hoje abriga 182 adolescentes.

O vice-prefeito de Socorro, Betinho, afirmou ter ficado surpreso com a estrutura da obra. "Fiquei muito feliz e impressionado em ver uma unidade socioeducativa tão grande. Realmente é uma referência para o estado e para o Brasil. Um espaço com área de convivência, de saúde, ginásio, anfiteatro, toda uma estrutura de um verdadeiro centro de recuperação. Fico muito feliz porque tenho certeza que esses jovens sairão daqui melhor do que quando entraram", disse o vice-prefeito de Socorro, Betinho.

Presenças 
Acompanharam a visita o secretário de Estado da Comunicação, Sales Neto; servidores da Renascer e funcionários da empresa contratada para obra.