YoutubeFacebookTwitterInstagram
É OFICIAL
Por Ascom | 12 de Jan de 2018, 15h16
Governo entrega documento de acesso à terra para agricultores do alto sertão
A perspectiva da Seagri é de que, ainda este mês de janeiro, 200 famílias de agricultes familiares recebam o documento
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
A5eafcfd7ccbf3b6

Secretário Esmeraldo Leal formaliza entrega de terra a beneficiários Colônia Eldorado / Fotos: Ascom/Seagri

Nesta quinta e sexta-feira, dias 11 e 12 de janeiro, assentados das colônias agrícolas de Canindé do São Francisco estão sendo os primeiros a receberam documento que oficializa o uso das terras nas áreas desapropriadas do alto sertão. A ação é realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri) e Instituto Nacional de Reforma Agrária (Incra). 

“São áreas que foram desapropriadas na gestão dos governadores Marcelo Deda e Jackson Barreto e, antes de encerrar a atual gestão, o Governo Estadual está consolidando a desapropriação com a entrega de um documento a cada família”, disse Esmeraldo Leal, secretário da Agricultura.

Esmeraldo Leal, explica que com a entrega da documentação que formaliza a entrega do lote, os agricultores assentados passam a ter vários benefícios. “Além de segurança jurídica, o documento vai possibilitar o acesso dos agricultores ao crédito e às políticas públicas de desenvolvimento a exemplo de infraestrutura dos lotes, custeio e comercialização disponíveis para áreas com atividades produtivas”, destaca Esmeraldo.

O coordenador do Programa de desapropriação na Seagri, Claudio Lima, detalha que as famílias vivem e produzem muito nas áreas de assentamento, tanto na agricultura irrigada, de sequeiro como também na atividade pecuária e criação de pequenos animais. “Me arrisco em dizer que os assentamentos são verdadeiros  celeiros de produção, que fazem chegas os alimentos à mesa de milhares de famílias em todo o estado”. 

O coordenador do programa conta que estão sendo beneficiadas inicialmente 15 colônias agrícolas dos municípios de Canindé do São Francisco e Poço Redondo. A programação é de que ainda este mês o Governo Estadual formalize a entrega dos lotes para 200 famílias nestes municípios.