YoutubeFacebookTwitterInstagram
RECONHECIMENTO
Por Ascom | 02 de Dez de 2017, 13h53
Jackson recebe Medalha do Mérito Cultural na abertura do Fasc
É concedida a personalidades que contribuíram com a história do Festival ao longo de toda a sua trajetória
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
60ef70c745ccaaa9

Governador recebeu medalha das mãos do prefeito Marcos Santana

A 34ª edição do Festival de Arte de São Cristóvão (Fasc) foi iniciada nesta sexta-feira, 1º, dando continuidade a uma tradição iniciada nos anos 70. A cerimônia de abertura contou com a entrega da Medalha de Mérito Cultural do Fasc, que homenageou, entre outros nomes, o governador Jackson Barreto.

O Festival prossegue até o domingo, 3, e é promovido pela Prefeitura de São Cristóvão em parceria com o Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), e com a Universidade Federal de Sergipe (UFS). A comenda concedida na abertura do evento é um ícone de reconhecimento ao trabalho de personalidades que contribuíram com a história do Festival.

Ao todo, 11 medalhas foram entregues. Entre os homenageados estiveram, além do governador, o ator Iradilson Bispo, o jornalista e escritor João Oliva, o publicitário e secretário de Governo de Aracaju Carlos Cauê, os deputados Federais João Daniel e Fábio Reis, o reitor da UFS Ângelo Antoniolli – representado pelo reitor em exercício Dilton Maynard – e o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Clóvis Barbosa.

Jackson destacou a importância da revitalização do Fasc, que vinha em hiato há 12 anos. “Do ponto de vista da cultura e da arte sergipana, é um resgate histórico que só um homem comprometido com São Cristóvão e com suas raízes é capaz de promover. Marcos é vitorioso, porque o Fasc é a cara de São Cristóvão. Fazer voltar o Fasc é como se você retomasse uma história que foi perdida. Diversos atores contribuíram para isso além do prefeito Marcos, como a Caixa Econômica, o deputado Fábio Reis, o Governo de Sergipe, a Secretaria de Cultura, a Universidade Federal e o povo, que é a peça fundamental dessa história”, disse.

O prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, falou sobre a satisfação de assumir o projeto de resgate do Fasc. “Este é um momento fundamental da nossa história. Só quem viveu o Fasc sabe da importância dele. A gente precisa nesse momento usufruir disso, e é o que estamos fazendo com a concessão dessa medalha e com a abertura do Festival. Serão três dias de muita arte em nossa cidade”, afirmou.

O presidente do TCE também salientou o significado de trazer o Fasc de volta, sobretudo em se tratando do legado para as próximas gerações. “O prefeito está de parabéns, pois a revitalização é uma ideia extraordinária. Eu lembro da minha juventude, quando nós fazíamos aqui o Encontro Cultural de São Cristóvão. A Universidade Federal de Sergipe comprou a ideia e foi um sucesso durante muito tempo. Agora, recebendo o patrocínio da Prefeitura de São Cristóvão, é dada uma oportunidade para que a juventude se alinhe mais com os projetos culturais em nosso Estado”, comentou.

O secretário de Estado da Cultura, João Augusto Gama, evidenciou a parceria dos diversos órgãos envolvidos na construção do Festival. “É um resgate importantíssimo. São Cristóvão, Sergipe, o Brasil esperavam por isso. O trabalho do prefeito Marcos Santana é muito importante, assim como o envolvimento de todos os órgãos. Houve uma sinergia de todo mundo para que isso acontecesse. A Prefeitura, o Governo do Estado, a Universidade, a Secretaria de Cultura. Realmente estamos vivendo um ápice e tenho certeza que esse Festival será um sucesso”, relatou.

Após a entrega das medalhas e a abertura oficial do evento, o prefeito Marcos Santana guiou o governador e demais convidados por um passeio pelo centro histórico, que contemplou exposições, feira gastronômica e de artesanato. Pelo caminho, Jackson recebeu os cumprimentos da população.

Fasc

A 34ª edição do Festival de Arte de São Cristóvão marca a retomada do evento após 12 anos de interrupção. A primeira edição ocorreu em setembro de 1972 e prosseguiu de forma ininterrupta até 1995. A última edição aconteceu em 2005.

Presenças

Prestigiaram o evento o secretário de Estado do Turismo, Fábio Henrique; o secretário de Estado da Comunicação, Sales Neto; o assessor do Governo, Rogério Carvalho; os deputados Estaduais Sílvia Fontes, Capitão Samuel e Francisco Gualberto.