YoutubeFacebookTwitterInstagram
Opinião
Por | 29 de Dez de 2019, 13h54
O fechamento do plantão do Hospital Senhor dos Passos e a omissão de Marcos Santana
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
7d1865e57395d7b8

[*] Henrique Alves da Rocha 

Desde antes do Natal os moradores de São Cristóvão (sede e povoados próximos) foram surpreendidos com o fechamento do plantão do Hospital Senhor dos Passos. E nada de nenhuma interferência ou manifestação da gestão municipal sobre o lamentável fato.

Quando no último dia 27.12 assessores de plantão de Marcos Santana, devidamente escalados para trabalhar nos grupos de zap da cidade, apresentaram várias vezes, como uma nota oficial com a desculpa de que o hospital não é da gestão municipal.

Ora, isso é verdade e todos sabem. Sabemos também que o prefeito Marcos Santana já foi diretor do Hospital Senhor dos Passos. Ele deveria ter no mínimo a dignidade de interceder para o retorno no plantão do hospital junto Governo do Estado. Governo este que ele, Marcos Santana ajudou a eleger, diga-se de passagem.

A nota do município, além de omissa, mostra o grau de subserviência ao Governo do Estado, pois nem é capaz de lutar pelos munícipes que tem a obrigação legal de defender e lutar pelo sagrado direito à saúde dos sancristovenses.

Vale ressaltar que nesta semana, nos programas matinais de rádio, tanto o governador quanto o diretor do Huse falaram da importância dos municípios atenderem seus pacientes para não superlotar o já tão superlotado hospital aracajuano.

Qual a prioridade da saúde para o governador Belivaldo? Qual a prioridade da saúde dos sancristovenses para o prefeito Marcos Santana?

[*] É coronel da reserva da Polícia Militar do Estado de Sergipe e pré-candidato a prefeito de São Cristóvão pelo Cidadania.