YoutubeFacebookTwitterInstagram
POLÍTICA DE EMPREENDEDORISMO
Por Ascom Sefaz | 19 de Set de 2017, 12h31
Secretaria da Fazenda efetiva 1ª inscrição de empresa através do Redesim
A solicitação de Inscrição Estadual foi atendida em poucos minutos a partir do registro ao sistema, reduzindo substancialmente o tempo de atendimento
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
4e106aa9d33c0a69

George Trindade: Redesim reduz trâmites burocráticos (Foto: Divulgação)

A Cavalcante Empreendimentos Farmacêuticos Ltda. foi a primeira empresa a obter a Inscrição Estadual automatizada da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) por meio do Portal de Serviços Agiliza Sergipe, após a integração da secretaria à Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), sistema simplificado de abertura de empresas gerenciado pela Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese).    

A solicitação de Inscrição Estadual foi atendida em poucos minutos a partir do registro ao sistema, reduzindo substancialmente o tempo de atendimento quando o contribuinte necessitava protocolar – além da solicitação – uma lista de documentos exigidos. A partir da integração ao Redesim, o contribuinte anexa a documentação em um único procedimento, ao acessar o Portal Agiliza Sergipe.

Na semana passada, o Governo de Sergipe, por meio da Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese), formalizou a integração da Sefaz no Redesim, tornando os serviços da secretaria mais acessíveis e simplificados para os contribuintes. Essa integração faz parte do programa de modernização tributária que está em curso no Fisco estadual, abrangendo vários procedimentos na prestação de serviço.

Nas palavras do presidente da Jucese, George Trindade, está sendo dado um amplo avanço na desburocratização em prol dos empresários e dos profissionais da contabilidade: “Desde a implantação da Redesim no Estado, a Junta Comercial é a responsável por integrar todos os órgãos públicos envolvidos na constituição e na legalização de empresas”, comentou, acrescentando que estão sendo eliminadas dificuldades nos trâmites burocráticos, representando um estímulo ao empreendedorismo e à geração de mais empregos e mais renda em Sergipe.