YoutubeFacebookTwitterInstagram
Socorro
Por Ascom | 01 de Fev de 2019, 14h31
Secretaria Municipal de Agricultura, Irrigação e pesca apresenta balanço das ações de 2018
Dados apresentados apontam que 726 animais foram apreendidos
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
Ce836c0613db5861

Secretaria faz o acompanhamento aos produtores nas comunidades

Com o trabalho de coordenar a política agrícola do município, apreender e cuidar de animais, produzir e distribuir mudas, além de prestar assistência e apoio aos agricultores rurais e carcinicultores, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Agricultura, Irrigação e Pesca (SMAP), divulgou na manhã desta sexta-feira, 1°, o balanço referente às ações desenvolvidas pela secretaria durante o ano de 2018.

Os dados apresentados apontam que 726 animais foram apreendidos em ações e operações realizadas pela Secretaria em parceria com a Guarda Municipal de Socorro (GMS) e pelo trabalho desenvolvido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), com destaque para o mês de novembro, no qual foram recuperados pela secretaria 36 animais. Após o resgate o animal é recolhido e levado à sede da SMAP, onde é ofertada toda assistência necessária para sua recuperação. Caso o dono não retire o animal num prazo de até 10 dias, o mesmo é colocado para doação.

Outro trabalho realizado pela secretaria consiste na produção e distribuição de mudas medicinais e arbóreas. Só em 2018 mais de 2.000 mudas foram distribuídas à população. “Nós mesmos da Secretaria produzimos as mudas, mas também recebemos doações de moradores. Nós plantamos e distribuímos em recipientes para, numa ocasião, distribuir para os cidadãos”, explicou o secretário da pasta, David Lopes.

Recentemente a Secretaria retornou a realizar visitas aos produtores de camarão do município, um pedido feito pelo Prefeito Padre Inaldo. “Mensalmente nós fazemos esse acompanhamento aos produtores nas comunidades, onde fazemos avaliação da qualidade da água e do solo, acompanhamos o crescimento do camarão, além de orientá-los na rotina. As visitas deste ano foram retomadas no Povoados Porto Grande e Aratu. Na próxima semana daremos continuidade a este trabalho no Povoado Calumbi e nas regiões da Taiçoca de Dentro, locais onde há registro de viveiros”, explicou.

Em 2018 mais de 600 pessoas, entre estudantes e assistidos pelo Centro de Referência de Assistência Social (Crea) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), realizaram visita para conhecer de perto o trabalho realizado pela secretaria. Com muito a oferecer aos socorrenses, a Secretaria está aberta para visitação das 08h às 14h. Caso a visita seja realizada em grupos é necessário realizar agendamento prévio.

O secretário David Lopes fez uma avaliação positiva das atividades desenvolvidas durante o ano anterior. “Foi um ano bastante benéfico, porque conseguimos consolidar muitas atividades como é o caso do retorno às visitas aos produtores de camarão, como aos produtores agrícolas do município, fechamos muitas parcerias que foi fundamental para o desenvolvimento das ações da Secretaria. Criamos muitos projetos no primeiro ano de gestão que só foram desenvolvidos no ano passado e neste ano nossos planos são expandi-los”, disse.