YoutubeFacebookTwitterInstagram
CAPELA
Por Assessoria do ex-prefeito | 08 de Jan de 2018, 11h19
Ezequiel: “Sem salário e desesperado, contratado pela Prefeitura toma veneno”
Segundo o ex-prefeito, o contratado que ingeriu veneno encontra-se em estado grave no hospital
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
99e57e6822af0549

Ezequiel: “Não é de agora que eu venho denunciando o desastre que é esta gestão da prefeita" (Foto: Ascom)

O ex-prefeito de Capela, Ezequiel Leite (PR), faz uma denúncia grave contra a desastrosa gestão da prefeita Silvany Sukita (PODEMOS): segundo ele, um rapaz contratado do município, que exerce a função de agente de limpeza pública (Gari), desesperado com alguns meses de salários atrasados, ingeriu veneno e está internado no Hospital de Urgência e Emergência de Sergipe (HUSE) em estado grave.

Para Ezequiel já passou da hora dos órgãos fiscalizadores se posicionarem sobre o que acontece em Capela. “Não é de agora que eu venho denunciando o desastre que é esta gestão da prefeita Silvany. É lamentável que a gente chegue a esse ponto. Um profundo desrespeito com as pessoas que trabalham e não recebem. Parece que prestam trabalho voluntário para a gestão e quem falar, é exonerado”.

Ainda segundo o ex-prefeito, o contratado que ingeriu veneno encontra-se em estado grave no hospital. “A Prefeitura não pode medir esforços para salvar a vida deste rapaz. Enquanto a prefeita e auxiliares ostentam nas redes sociais, os trabalhadores passam fome e entram em desespero. É uma gestão criminosa! Não tenho outra definição”.

Por fim, Ezequiel fez um apelo para os demais trabalhadores contratados. “Neste momento difícil, as pessoas precisam buscar a calma. Sei que não é fácil, que a fome e as contas não esperam, mas este tipo de gesto só piora as coisas. O mais prudente para quem está trabalhando sem receber é denunciar ao Ministério Público ou ao Tribunal de Contas”.