YoutubeFacebookTwitterInstagram
Socorro
Por Ascom | 11 de Jun de 2018, 06h58
Secretaria de Agricultura capacita turma em Fitoterapia 
Curso resgata culturas passadas de geração em geração
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
52f3bce0455255a0

Turma aprende como realizar o cultivo, plantio e utilização de ervas medicinais como remédio natural (Foto: Edilson Menezes)

A Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Smap) de Nossa Senhora do Socorro recebeu na  sexta-feira, 08, uma turma de cerca de 20 pessoas, entre servidores e moradores da cidade de Divina Pastora, que participaram do 1° Curso de Fitoterapia do município. O curso realizado em parceria entre as Prefeituras dos dois municípios, por meio do Movimento Popular de Saúde (MOPS), e a Universidade Federal de Sergipe (UFS), tem como principal objetivo capacitar os cidadãos realizar o cultivo, plantio e utilização de ervas medicinais, além de orientá-los sobre as boas práticas de manipulação e conservação de alimentos.

Segundo o secretário de Agricultura, David Lopes, o curso resgata culturas passadas de geração em geração. “Com esse trabalho nós queremos recuperar aquilo que aprendemos com nossos pais e avós na utilização de plantas medicinais no tratamento e na prevenção de doenças e até mesmo no uso delas como defensivos agrícolas e alertar a população sobre a consequência no uso de agrotóxicos, evitando assim, doenças futuras”, disse.

Ainda de acordo com o secretário, a parceria já está sendo realizada há cerca de um ano e vem obtendo resultados positivos. “Nós já levamos essa formação para os municípios de São Cristóvão, Aracaju e agora Divina Pastora, quando estivemos pela primeira vez com essa turma, e posteriormente estaremos apresentando o nosso trabalho para outros municípios como Nossa Senhora da Glória e outras cidades que queiram conhecer o trabalho desenvolvido pela secretaria”, contou.

De acordo com o agente comunitário de Divina Pastora, Celso Ricardo, a experiência em adquirir novos conhecimentos irá contribuir efetivamente no trabalho realizado pelos profissionais da sua cidade, contribuindo diretamente para o desenvolvimento e serviços prestados pela saúde municipal. “Nós recebemos o convite para estarmos aqui na secretaria e essa experiência está sendo muito importante, pois com esse conhecimento nós iremos incentivar nossa comunidade a passar a utilizar as plantas medicinais e se informar sobre os benefícios que elas trazem para nossa saúde, muitas vezes possuindo o mesmo efeito dos remédios”, declarou.