YoutubeFacebookTwitterInstagram
CONVENÇÃO
Por Veja.com | 23 de Jul de 2018, 11h10
Bolsonaro critica Alckmin, elogia militares e fala em extinguir estatais
Deputado oficializou candidatura à Presidência da República neste domingo em convenção do PSL
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
3c826483a0c377db

O candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) (Adriano Machado/Reuters)

Às 12h45 deste domingo, Jair Bolsonaro foi oficialmente confirmado — por aclamação — como o candidato do Partido Social Liberal (PSL) à Presidência. O evento, contudo, não anunciou quem será o vice da chapa. Em seguida, foi chamado para discursar. Ao se levantar, fez o sinal da cruz, complemento às lágrimas que correram no início do evento, enquanto tocava o hino nacional.

Em seu discurso, voltou a atacar o Partido dos Trabalhadores (PT), chamando o grupo de facção, e fez críticas à Geraldo Alckmin (PSDB). “Eu queria agradecer ao Geraldo Alckmin por ter juntado a nata do que há de pior do Brasil ao seu lado.” Até a semana passada, entretanto, Bolsonaro mantinha negociações com o PR, partido comandado pelo mensaleiro Valdemar Costa Neto e que acabou optando pelo apoio a Alckmin. Após as críticas às articulações do candidato do PSDB, ele alegou que tem o apoio de 40% dos deputados do centrão.