YoutubeFacebookTwitterInstagram
Julgamento inicia no STF
Por Terra | 25 de Abr de 2020, 11h46
Bolsonaro: "Enquanto eu for presidente, não haverá aborto"
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
Bf74e030c9c2329e

Presidente conversou com grupo de apoiadores na saída do Palácio da Alvorada

Por Terra

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, 23, que enquanto for presidente "não haverá aborto" no Brasil. A descriminalização do aborto nos casos de grávidas infectadas pelo zika vírus está sendo estudada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O julgamento começou ainda nesta sexta-feira, 24.

Na saída do Palácio da Alvorada, o presidente parou para falar com apoiadores e ouvir um coral de crianças coordenadas pelo padre polonês Pedro Stepien. As crianças cantaram uma música religiosa e fizeram um pedido ao final: "Senhor presidente, temos um pedido para o senhor, não queremos aborto".

"Enquanto eu for presidente, não haverá aborto", respondeu Bolsonaro. O presidente recebeu das crianças miniaturas de fetos e, após ouvir mais uma música religiosa contra o aborto, respondeu: "muito bom começar o dia assim". Antes de seguir para o Planalto, o presidente também aceitou uma escultura feita e presenteada por um apoiador. Bolsonaro evitou falar com a imprensa.

No último sábado, dia 18, Bolsonaro desceu a rampa do Palácio do Planalto e conversou com um grupo que protestava contra o aborto. Na ocasião, ele também recebeu miniaturas de plástico representando fetos, além de um quadro de Jesus e uma bandeira que dizia "Brasil Vivo Sem Aborto". O mandatário levantou os objetos para demonstrá-los.

Foto: Alan Santos/PR