YoutubeFacebookTwitterInstagram
DESDOBRAMENTO LAVA JATO
Por PODER 360 | 23 de Ago de 2017, 12h38
Moro bloqueia R$ 6 milhões de advogados alvos da Abate II
Teriam participado de ‘esquema criminoso’ na Petrobras
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
068acbcdc7ded5e2

O juiz federal Sérgio Moro

 
23.ago.2017 (quarta-feira) - 11h07

O juiz Sérgio Moro determinou (íntegra) o bloqueio de R$ 6 milhões dos advogados Tiago Cedraz e Sérgio Tourinho Dantas. Ele foram alvos da 45ª fase da operação Lava Jato, deflagrada na manhã desta 4ª feira (23.ago.2017) pela Polícia Federal.

Conforme o juiz, os advogados participaram de “esquema criminoso” entre a Petrobras e a norte-americana Sargeant Marine, que teria pagado propina a agentes da estatal e políticos.

“Resolvo decretar o bloqueio das contas dos investigados até o montante de R$ 6 milhões, correspondente aproximadamente ao montante total pago pela Sargeant Marine a título de comissão. Ainda que eles tenham recebido somente parte dos valores, sua participação no esquema criminoso torna-os, em princípio, responsáveis pelo todo”, afirmou Moro.

A investigação também aponta que o ex-deputado Cândido Vacarrezza e sua assistente receberam propina no caso.

A 44ª fase prendeu Vaccarezza, líder dos governos Lula e Dilma. Ele foi solto na 3ª feira (22.ago) por Sérgio Moro.