YoutubeFacebookTwitterInstagram
Contra fake new
Por Terra | 27 de Mai de 2020, 13h06
Operação da PF mira Roberto Jefferson e Luciano Hang
Mandados do STF tem como alvo ativistas bolsonaristas
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
B69dd44b1a2afbdd

O ex-deputado federal Roberto Jefferson é um dos alvos da ação

A Polícia Federal cumpre 29 mandados de busca e apreensão em cinco Estados e no Distrito Federal no âmbito do inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal - STF - para apurar ataques contra a corte e seus ministros, informou a corporação em nota nesta quarta-feira, 27.

O ex-deputado federal Roberto Jefferson, o deputado estadual Douglas Garcia, PSL, o empresário Luciano Hang e o blogueiro Allan dos Santos são os principais alvos da ação. Todos são apoiadores de Jair Bolsonaro.

A ativista Sara Winter, que é uma das líderes do 300 do Brasil, também está entre as investigadas. O grupo formou um acampamento para treinar militantes que estão dispostos a defender Bolsonaro. Winter chegou a declarar em entrevistas recentes que alguns integrantes andam armados.

De acordo com a PF, os mandados são cumpridos na capital federal e no Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

As diligências foram determinadas pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo, que preside o inquérito, aberto pelo presidente da corte, Dias Toffoli em março do ano passado para apurar notícias falsas e ameaças contra ministros do tribunal. A abertura do inquérito por iniciativa de Toffoli foi alvo de críticas, já que o comum é que inquéritos sejam abertos pelo Judiciário atendendo a pedidos de outros órgãos.

A Polícia Federal não deu detalhes sobre os mandados cumpridos nesta quarta-feira. Procurado, o Supremo ainda não se manifestou. O inquérito corre sob sigilo de Justiça. 

Fonte: Terra