YoutubeFacebookTwitterInstagram
LÓGICO
Por FOLHA DE S.PAULO ONLINE | 08 de Set de 2017, 07h31
PF prende Geddel após descoberta dos R$ 51 milhões
Um vendedor ambulante foi escolhido para subir ao apartamento do ex-ministro como testemunha
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
Aa3c724c1b2b89db

O ex-ministro Geddel Vieira Lima

JOÃO PEDRO PITOMBO
DE SALVADOR
CAMILA MATTOSO
DE BRASÍLIA

A Polícia Federal prendeu o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), que deixou sua residência cobrindo o rosto com uma pasta.

Houve aplausos e buzinas de pessoas que passavam quando a PF deixou a garagem com Geddel no banco de trás.

A PF chegou ao prédio de Geddel, em Salvador, no bairro Jardim Apipema, por volta de 5h40, em dois carros.

Um vendedor ambulante foi escolhido para subir ao apartamento do ex-ministro como testemunha.

A decisão que a polícia está em mãos é da 10ª Vara Federal de Brasília, mas ainda está em sigilo.

‘BUNKER’

O pedido acontece após a PF ter encontrado na terça (5) R$ 51 milhões em espécie escondidos em caixas e malas em um “bunker” ligado ao peemedebista, também em Salvador.

Foram encontradas digitais dele e de uma pessoa próxima no local.

Geddel cumpre neste momento prisão domiciliar, desde o dia 12 de julho. Ele foi preso no dia 3 de julho, acusado de tentativa de obstrução de Justiça, e depois conseguiu habeas corpus.