YoutubeFacebookTwitterInstagram
Suspeita de desvios
Por Terra | 28 de Ago de 2020, 07h39
STJ afasta Wilson Witzel do cargo de governador do RJ
Pastor Everaldo, presidente do PSC, tem mandado de prisão por participação em fraude na Saúde
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
146a5019f433eee3

Wilson Witzel é afastada inicialmente por 180 dias

O Superior Tribunal de Justiça - STJ - determinou o afastamento imediato de Wilson Witzel, PSC, do cargo de governador do Rio de Janeiro, inicialmente por 180 dias, no esquema que apura fraudes nos contratos da Saúde no Estado.

Na manhã desta sexta-feira, 28, a Polícia Federal foi até o Palácio das Laranjeiras para cumprir mandados de busca e apreensão contra a primeira-dama Helena Witzel. Não existe mandado de prisão contra o governador.

Além da primeira-dama, os policiais estão na rua para cumprir outros mandados. Um deles é de prisão contra o Pastor Everaldo, presidente do PSC, e acusado de participar do esquema de fraude.

Também existe mandado de prisão contra Lucas Tristão, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, e Sebastião Gothardo Netto, médico e ex-prefeito de Volta Redonda. Já André Ceciliano, PT,  presidente da Assembleia Legislativa - Alerj - e o desembargador Marcos Pinto da Cruz são alvos de mandados de busca e apreensão.

Fonte: Terra

Foto: Felipe Duest/PhotoPress/Estadão Conteúdo