YoutubeFacebookTwitterInstagram
INVESTIGAÇÃO
Por Veja.com | 10 de Mai de 2018, 16h42
Testemunha acusa PM e ex-PM de envolvimento na morte de Marielle
Segundo jornal 'O Globo', om homem disse à Polícia Civil que os oficiais estavam no carro utilizado pelos assassinos, no dia 14 de março
CompartilharWhatsapp internalFacebook internalTwitter internal
B0d95954f749070a

Marielle Franco (PSOL) foi assassinada no dia 14 de março, enquanto voltava de um evento na região central do Rio (Instagram/Reprodução)

Uma testemunha do caso do assassinato da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL) disse à Polícia Civil que um policial militar e um ex-PM participaram do assassinato dela e de seu motorista, Anderson Gomes, no dia 14 de março. A informação foi publicada pelo jornal O Globo nesta quinta-feira (10).

A testemunha contou que um policial atualmente em atividade no batalhão do bairro de Olaria e um ex-PM que trabalhou no batalhão do Complexo da Maré estavam no carro, um Cobalt prata, que foi usado pelos assassinos na emboscada.

Leia mais em: https://veja.abril.com.br/brasil/testemunha-acusa-pm-e-ex-pm-de-envolvimento-na-morte-de-marielle/