Interviewer 9e6f807e632d167a

Reportagem Especial

Tanuza Oliveira

Compartilhar
Newspapper report ee3c064f37706172

Péssimas estradas comprometem o ir e vir do sergipano

Muitas das Rodovias estão em situação deplorável e são alvo de Indicações de deputados ao Governo do Estado

Diz-se por aí que, dadas as suas dimensões, Sergipe é um Estado que se pode percorrer inteiro em apenas um dia. No entanto, a péssima qualidade de suas estradas não tem possibilitado esse feito. Buracos, falta de recapeamento, de sinalização e mais uma série de dificuldades têm tornado esse percurso cada vez mais longo e difícil.

O assessor parlamentar Jorge Luís Farias Lima conhece bem essa realidade. Ele viaja diversas vezes por semana e, em uma das últimas, teve dois pneus de seu carro furados. “Na estrada de Pirunga a Capela, acabei tendo um pneu cortado. À tarde, quando saíamos de Nossa Senhora das Dores com destino a Siriri, outro pneu foi cortado. Tivemos sorte de encontrar um borracheiro, que fez a força do pneu, já que o do socorro também estava danificado”, conta Jorge.

Mas não parou por aí. No dia seguinte, um novo susto. “Um dia após esse incidente, estávamos indo para Tobias Barreto e tivemos outro pneu cortado, o que mostra que nossas estradas estão horríveis, um verdadeiro caos”, critica.

Newspapper report internal image 66e8b4953f58f97b
Bebeto da Barra da Onça indignado com as condições das estradas do Sertão

INDICAÇÕES...

O deputado estadual Luciano Bispo, PMDB, por exemplo, apresentou diversas Indicações. Em justificativa, o parlamentar informou que as rodovias estão em péssimas condições de tráfego e que são importantes vias de acesso aos povoados, bem como para o escoamento da produção agrícola. Além de serem rodovias de tráfego de caminhões, veículos de passeios, ônibus de turismo e feirantes.

Os alvos das Indicações dele são a Rodovia João Batista de Melo, localizada na região Sudeste, que liga os municípios de Pacatuba a Brejo Grande; Rodovia Comendador Manoel Gonçalves, entre os municípios de Japoatã e cidades vizinhas, e a Rodovia SE-211, entre os municípios de Laranjeiras a Riachuelo.

Já o deputado Adelson Filho, PR, solicitou ao governador Jackson Barreto providências no sentido de recuperar a malha asfáltica da Rodovia SE-170, que liga o município de Itabaiana ao de Moita Bonita. “Essa solicitação atende às justas reivindicações da população, uma vez que devido ao péssimo estado de conservação da pista, tem ocorrido acidentes na localidade, inclusive com vítimas fatais”, justifica Adelson Filho.

 

B6fd42e1a8f55752
Luciano Bispo solicitou melhorias em Rodovias

... ATINGEM DIVERSAS REGIÕES

Moritos Matos, PROS, cobrou a duplicação da Rodovia João Bebe Água – Rodovia SE-065. “É importante efetuar a ampliação dessa rodovia para melhorar o deslocamento das pessoas que, com certeza, visitarão a cidade de São Cristóvão. E eu me comprometi com o prefeito Marcos Santana que a partir de agora vou cobrar do Governo do Estado a refreforma dessa rodovia”, ressalta Moritos Matos.

O deputado Garibalde Mendonça, PMDB, apresentou uma série de proposituras reivindicando diretamente ao Departamento de Estradas de Rodagens – DER – a operação tapa-buraco em diversos trechos da SE- 204, SE-120 e da SE- 240. No primeiro encaminhamento, Garibalde reivindica a operação tapa-buraco na SE- 204, no trecho do município da cidade de Brejo Grande à Rodovia Manoel Gonçalves até o Povoado Tatu, no município de Japotã.

Também foi apresentada uma Indicação apontando ao DER a necessidade da operação tapa-buraco na SE-120, no trecho entre o município de Neópolis até a cidade de Santana do São Francisco, nas imediações da fábrica de tecidos Peixoto Gonçalves. Garibalde Mendonça também está reivindicando a pavimentação asfáltica na rodovia SE-240, que liga a cidade de Ribeirópolis, no agreste sergipano, até o Povoado Fazendinha, no mesmo município.

F135d444156c34de
Garibalde Mendonça também reconheceu as dificuldades

MAIS COBRANÇAS

Jeferson Andrade, PSD, indicou à Mesa Diretora solicitação ao governador Jackson Barreto pela reconstrução da Rodovia Arnaldo Rollemberg Garcez, no município de Itaporanga D’Ajuda. “Ultimamente, essa rodovia só cria transtornos. Está cheia de buracos, fazendo com que os veículos quebrem e causando prejuízos aos proprietários”, ressalta o deputado.

O alvo da solicitação do deputado Gustinho Ribeiro, PRP, foi a Rodovia SE-179, que liga o município de Simão Dias ao de Pinhão. Na justificativa, o parlamentar destaca a necessidade da recuperação da pavimentação asfáltica dela. “É importante frisar que o atendimento da indicação ora pleiteada é um anseio e uma primordial reivindicação da população”, ressalta Gustinho Ribeiro. Ele também cobrou medidas urgentes na Rodovia que liga o município de Poço Verde a Tobias Barreto.

Já a deputada Ana Lúcia, PT, apresentou indicação à mesa diretora solicitando recapeamento asfáltico da Rodovia que liga as cidades de Poço Verde e Simão Dias. De acordo com a parlamentar, a propositura justifica-se pelas dificuldades do tráfego na região. “Por ali passam milhares de veículos de carga e passageiros que convivem com o risco iminente de acidentes, pelas péssimas condições de trafegabilidade, já que existe grande quantidade de buracos”, afirmou.

4f3271073208ea42
Gustinho Ribeiro foi outro que solicitou os reparos

CRISE X INFRAESTRUTURA

Procurado pelo Portal JLPolítica, o diretor de Comunicação da Alese, Marcos Aurélio Costa, não soube precisar a quantidade de Indicações apresentadas nesse sentido, mas reiterou serem muitas. No entanto, segundo Marcos Aurélio, a Casa Legislativa entende que o momento é de crise.

O deputado estadual Georgeo Passos, PTC, discorda. Para ele, é preciso parar um pouco com esse discurso de crise. “Praticamente durante os dois anos e meio que estou na Assembleia, essa é a única coisa que o Governo diz, que não pode fazer nada por estar em crise. Mas o próprio secretário da Fazenda disse que a receita do primeiro semestre deste ano, decorrente de FPE e de ICMS, foi maior do que a do ano passado”, afirma Georgeo.

Segundo ele, apoiado nesse discurso de crise, o Governo não tem conseguido realizar o básico, que é garantir o direito de ir e vir do cidadão. “Nós, deputados, sempre cobramos as melhorias, mas infelizmente as operações tapa-buracos não são suficientes para dar a resposta que o sergipano tanto deseja. Por isso, iremos continuar fiscalizando, andando pelo Estado para cobrar ações nessa área”, garante.

Ef821348c3c6770d
Georgeo entende que crise não é desculpa

TRABALHO CONTÍNUO

E por falar em cobrar, Georgeo também apresentou diversas Indicações, inclusive, no Plenário, mostrou vídeos feitos por moradores relatando as péssimas condições de algumas estradas. “As más condições são fruto da falta de planejamento que o Governo deve ter de, a cada ano, ir recuperando nossas rodovias. Porque as vezes as próprias obras que estão previstas no Proinveste, como a rodovia entre Itaporanga e Itabaiana, com dinheiro em caixa, não foram concluídas. Em algumas outras, como as da região de Itabaiana e Ribeirópolis, têm tantos remendos que já não há mais o que fazer. São vários os exemplos”, avalia.

Mas o Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária – DER –  assegura que esse trabalho é, sim, realizado. Segundo o órgão, foram construídos e restaurados aproximadamente 226 km no Governo Jackson Barreto e, atualmente a rodovia que liga os municípios de Tobias Barreto a Poço Verde passa por uma operação conjugada de tapa buracos nos locais onde existe uma aglomeração maior de buracos.

“Será realizado o reperfilamento (recapeamento). Só este serviço custará algo em torno de R$ 4 milhões e serão empregados cerca de seis mil toneladas de asfalto”, informa o DER. De acordo com o órgão, o Estado de Sergipe conta com uma malha viária de 2200 km de rodovias, sendo que 1700 km não estão pavimentados. “A nossa avaliação é de que os 1400 km de rodovia estadual estão em bom estado de conservação, pois foram construídos e recapeados totalmente. Já os 800 km restantes necessitam, sim, de restauração, podendo ser restaurações simples ou mais complexas, em função do rigoroso inverno, com fortes e persistentes chuvas e tempo de existência das rodovias, que, em média, existem há 30 anos”, acrescenta a nota do DER.

Ed98e110cdbf72e3
Valmor: Seinfra tem realizado os serviços

INVESTIMENTOS

O órgão também afirma que o Governo do Estado vem realizando um trabalho de captação de recursos que permitirá a recuperação das principais rodovias e que terão prioridade as rodovias que estiverem numa condição pior de conservação. “Esses trechos estão localizados nas cidades de: Itabaiana/ Lagarto; Moita Bonita/Itabaiana; Poço Verde/ Tobias Barreto; Lagarto/ Riachão do Dantas/ Tobias Barreto; João Bebe Água; Graccho Cardoso/ Aquidabã; Umbaúba/ Itabaianinha; Porto da Folha/ Gararu; Porto da Folha/Monte Alegre; entre outras”.

Ainda de acordo com o DER, já foram aplicados aproximadamente R$ 40 milhões em recuperação asfáltica pelo governo de Sergipe. Esse montante compreendeu, segundo o DER, operações de tapa buraco e pequenos reperfilamentos nas rodovias. “O principal problema é o tempo de vida útil das rodovias, que levam em média 20 anos, e a grande maioria das rodovias sergipanas tem uma média de 30 anos de construção. Nessas condições, o aparecimento de buracos é mais frequente, principalmente nos períodos de inverno e com as chuvas próprias da estação”, ressalta o órgão.

Fa0991958defa96f
Rodovia que liga Tobias Barreto a Poço Verde, SE-290

FOTO DE ABERTURA 

Corresponde a  rodovia SE-290 , com extensão de 55 km, que liga o município de Tobias Barreto a Poço Verde, no sul do Estado. Foi publicada nas redes sociais, junto com o um video, produzido por um morador da região, que transitava de moto Clique aqui e confira o vídeo.    Veja também materia do portal ISergipe sobre o tema,  mostrando estradas em péssimas condições.