Chove em todos os municípios do Estado de Sergipe e em alguns já juntou água

Informação acaba de ser dada ao JLPolítica por Esmeraldo Leal, secretário Estado da Agricultura de Sergipe.

Por Jozailto Lima
18 mar 2017, 10h45

 

Chove em todo Estado de Sergipe

Diante da mais atroz das secas que Sergipe enfrenta, notícia melhor não poderia acontecer.

“Em muitos pontos do Estado, inclusive do Sertão, a chuva foi o suficiente para juntar água para consumo humano e animal. Um alívio muito grande”, disse Esmeraldo.

O secretário, que desde cedo está embrenhado no interior, acompanha a chuva de ponta a ponta com uma boa expectativa.

Na verdade, a chuva é uma expectativa positiva em todas as pessoas, independentemente de se elas vivem no interior ou na capital.

“Que bom que a chuva chegou. Sergipe estava mesmo precisando”, diz, de Aracaju, o cantor Lula Ribeiro. “Aqui a chuva ainda está fraca”, diz de Poço Verde o motorista Milton Pinto e político.

“Toda a população do agreste central, que é uma região que geralmente não sofria muito em períodos de seca, já estava aflita ao ver suas plantações, barragens e tanques secos, sem a água da chuva para se manter, imagine então como estava nosso sertão?”, disse agora há pouco de Nossa Senhora da Glória o jovem empresário de Itabaiana, Talysson Costa.

Para Talysson, agora a situação promete mudar. “Graças a Deus, a chuva chegou nessa última semana, por coincidência ou dádiva divina, justamente no período em que os agricultores fazem suas plantações de milho para colher no período junino”, diz Talysson. Ele se refere ao 19 de março, dia de São José, data em que o sertanejo semeia a terra na esperança de “colher milho a grané”, como diz a canção de Luiz Gonzaga.