Aparte
Jozailto Lima

É jornalista há 38 anos, poeta e fundador do Portal JLPolítica. Colaboração Tanuza Oliveira.

Alessandro no Sírio Libanês: mais solidariedade e menos hipocrisia
Compartilhar

Senador Alessandro Vieira está internado em São Paulo: onde já se viu tamanha intolerância?

O Portal Hora News, sob a responsabilidade do jornalista Paulo Souza, publica nesta segunda, 8, nota sobre o Estado de saúde do senador sergipano Alessandro Vieira, Cidadania, e editorializa, com pertinência, um protesto contra os que acham que Alessandro não deveria recorrer ao Sírio-Libanês, em São Paulo, em busca de tratamento, e que deveria ficar em Sergipe.

Certíssimo o Hora News em editorializar. Nada mais idiota, imbecilizante e demasiado preconceituoso do que esse discurso raso de que, por ser senador por Sergipe Alessandro Vieira e seus parentes estariam desautorizados de buscar melhores recursos de medicina fora de Sergipe. 

Onde já se viu tamanha intolerância? Outros políticos que foram acometidos pela Covid-19, como o governador do Estado de Sergipe, Belivaldo Chagas, PSD, e o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, PDT, não procederam do mesmo jeito que Alessandro porque a doença se-lhes apresentou leve e suave. Se tivessem necessidade de ir a São Paulo, teriam todo o direito. 

Daqui em diante é o texto o Hora News, que o JLPolítica subscreve, porque justo e desprovido de ideologias baratas.

"O senador Alessandro Vieira está internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ele viajou na madrugada desta segunda-feira, 8, em uma ambulância aérea, para tratamento da Covid-19, após o quadro de saúde dele se agravar.

Segundo a jornalista Laisa Bomfim, assessora de imprensa do senador, revelou ao Hora News, Alessandro teve febre alta e a tomografia diagnosticou que a doença está evoluindo muito rápido, sendo que uma parte do pulmão já estaria comprometida.

A situação de Alessandro Vieira, de acordo com o irmão dele, sargento Fernando Vieira, não é boa. Ele usou as redes sociais para pedir orações à população sergipana para que a saúde do senador se restabeleça.

Enquanto muitos se solidarizam com o senador, orando para que ele e todos aqueles que estão infectados ou internados por causa da Covid-19 se recuperem, outros estão em redes sociais e na própria imprensa criticando o senador pelo fato dele ter ido se tratar no melhor e mais equipado hospital do país.

Caso você estivesse precisando de um tratamento em que os hospitais daqui não oferecem e você tivesse condições financeiras ou fosse um político em que o cargo te dar o direito de se tratar em um hospital mais equipado, você ficaria aqui, correndo o risco da saúde se agravar ainda mais e em consequência vir a óbito, ou iria para São Paulo? Ainda mais quando a orientação parte da própria equipe médica local?

Concordo que toda autoridade política deveria ser atendida no sistema público de saúde e seus filhos matriculados em escolas públicas, por que ai teríamos mais compromisso deles com o serviço público. Mas, para isso seria necessária aprovação de uma lei, ou até mesmo uma emenda à Constituição Federal.

E você, tem votado e elegido políticos que tenham esse compromisso? Alguém por acaso foi às ruas para reivindicar essa mudança na lei?

Menos hipocrisia e mais solidariedade ao próximo. "

Foto: Roque de Sá / Agência Senado

Deixe seu Comentário

*Campos obrigatórios.

Lenarte Carvalho de Almeida
No momento de uma doença se agravando, não vejo porque não recorrer de um direito adquirido por lei. Muita falta de solidariedade e muita politicagem, num momento tão sério de sobrevivência.
Lenarte Carvalho de Almeida
No momento de uma doença se agravando, não vejo porque não recorrer de um direito adquirido por lei. Muita falta de solidariedade e politicagem, num momento tão sério de sobrevivência.
Gilmara
Que Deus interceda por todos os infectados, de modo especial pelos agravados. Estou com um tio na UTI há mais de 20 dias, se pudesse, também o levaria para o Sírio. Que Nossa Senhora cuide do Senador que eu conheci como estudante no corredor da Unir. Em oração por vc.
Laurindo Campos Filho
Se o estado de saúde dele piorou, e o plano de saúde do Senado lhe dá esse direito, ele está certo em procurar sua melhora, é hipocrisia de quem fica achando ruim.
Guga Santos
Correto! Se a condição de senador abona por lei que Alessandro procure se tratar num hospital de grande porte, não há o que se contestar. O que me incomoda sobre a nota é quem a assina. Se esse Paulo Souza for o papagaio de pirata da Jovem Pan Aracaju, o mesmo não tem direito nenhum de chamar a ninguém de hipócrita. Ouço mais das vezes o programa de rádio que ele toca juntamente com Rosalvo Nogueira , e garanto que já o ouvi fazendo a mesma crítica que muitos estão fazendo agora. É um oportunista. Não se pode dar crédito a esse tipo de figura.
Dora Mafra
Ele tem todo direito de ir onde quiser. Qualquer um iria se tivesse dinheiro. Saúde Senador!